ESPN bate recorde de audiência da NBA no Brasil; crescimento na temporada foi de 41%

Não foram apenas os fãs do Toronto Raptors que comemoraram o título da NBA, também a ESPN no Brasil fez festa após a divulgação do crescimento de 41% de audiência em relação à temporada passada¹. A emissora quebrou recordes na TV por assinatura e também no digital, com o maior número de acessos no conteúdo da liga na plataforma de streaming WatchESPN e também no portal ESPN.com.br. Detentora dos direitos exclusivos das finais da NBA na TV paga, a ESPN registrou no quinto jogo da série entre Raptors e Warriors a maior audiência de uma partida da liga no Brasil, liderando entre todos os canais da TV por assinatura e alcançando a lista de assuntos mais comentados no Twitter.
 
"Ano após ano, temos visto o crescimento da NBA, fruto dos esforços da nossa equipe em dar a este evento o tamanho que ele sempre mereceu. E só se falou disso. O recorde de audiência apenas ressalta que temos de seguir investindo forte em talentos e na cobertura in loco", ressalta João Palomino, Vice-Presidente de Jornalismo e Produção da ESPN.
 
Ao longo da temporada, a audiência feminina nas transmissões da NBA na ESPN também apresentou crescimento. Analisando somente as mulheres que acompanharam a liga na emissora, o aumento foi de 38% considerando toda a temporada 2018/2019, incluindo fase regular, playoffs e finais³.
 
Com equipe in loco para as finais, a ESPN Brasil contou uma inédita cobertura dividida entre dois países, já que pela primeira vez uma equipe canadense chegou às finais da liga. O trabalho de reportagem foi compartilhado por José Renato Ambrosio, Matheus Cobucci e Paulo Antunes e a narração ficou sob a responsabilidade de Rômulo Mendonça. Do Brasil, participaram os comentaristas Eduardo Agra, José Roberto Lux (Zé Boquinha), Ricardo Bulgarelli, Guilherme Giovannoni e Alana Ambrosio. Os narradores Everaldo Marques, Fernando Nardini e Renan do Couto também participaram da cobertura das finais, incluindo a realização de entradas ao vivo da NBA House, evento organizado pela liga em São Paulo.
 
Tradicional programa da emissora, o ESPN League esteve no ar diariamente ao longo das finais e chegou a liderar a audiência na TV paga durante a série final com a cobertura e análise das partidas. Com o encerramento da temporada da NBA, a atração retorna à programação normal, com exibição às segundas e sextas-feiras.
 
A nova temporada da NBA terá início em outubro e contará com mais de 170 partidas transmitidas pela ESPN na TV por assinatura e no streaming pela plataforma WatchESPN. Nesta quinta, a partir das 20h, a ESPN transmite o Draft 2019, oportunidade em que os jovens talentos universitários serão escolhidos pelas equipes da liga para o próximo ano.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

​NOVA SAFRA DE “UMA MULHER DE PESO” NO TLC SEGUE WHITNEY THORE EM FASE CRÍTICA DA CARREIRA E NA VIDA PESSOAL

DUPLA DÁ VIDA NOVA A CASAS ABANDONADAS NA SÉRIE “ALISON E DONOVAN: REFORMANDO COM ESTILO”

​EM SAFRA INÉDITA NO TLC, “OS BUSBYS + 5” VIAJAM A NOVA YORK E APOSTAM EM NOVO NEGÓCIO