"Foi desafiador crescer um mundo que não tinha negros na TV" declara ator de 3% série do Netflix






Em Londres, o ator e modelo internacional Carlos Cruz contou ao apresentador Israel Cassol em entrevista para o programa Empire Style do SBT que devido a falta de representatividade quando criança, nunca tinha pensado em ser modelo antes de ser descoberto enquanto andava de ônibus.



"Na infância não conseguimos nos ver como bonitos", conta sobre crescer sendo um menino negro na periferia de Salvador. "Quando entrei para a moda, foi para desmistificar esse padrão".



"Eu luto por uma moda inclusiva", completa. "O mundo tem um olhar preconceituoso, mas acho que nossa luta vem tendo um avanço surreal, mas ainda falta muito para chegar onde nós realmente almejamos", completa.


Carlos já virou referência no mercado da moda brasileira e internacional, já tendo sido fotografado por grandes nomes como Mario Testino, além de já ter trabalhado para grandes estilistas como João Pimenta, Kenga, Alex Santos, Van Loureiro e Silvestre Gustavo e grandes marcas como Samsung, Nestlé e Fiat.



Recentemente participou da série da Netflix 3% e um documentário feito pelo cineasta Giovane Sobrevivente sobre sua vida está atualmente na fase de pré-produção.



Fotos: Anderson Macedo/Bruno Gomes/Divulgação Instagram



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Fenômeno nas redes sociais, Maru Karv estreia como apresentadora no “Manda Nudes”

Lifetime Movies: A História de Chris Porco resgata caso de filho que matou o pai e desfigurou a mãe

SexPrivé apresenta ‘ménage à trois ao vivo’ em feira virtual de negócios do mercado adulto