Apple TV+ releva o trailer da quarta temporada do elogiado drama espacial "For All Mankind"


Série dos criadores Ronald D. Moore, Matt Wolpert e Ben Nedivi retorna para a quarta temporada na sexta-feira, 10 de novembro


Série faz parte da programação do New York Comic Con



O Apple TV+ revela hoje, 12 de outubro, o trailer da quarta temporada de "For All Mankind", série dramatica espacial de sucesso e elogiada pela crítica, criada por Ronald D. Moore, indicado ao Globo de Ouro e ao Emmy, e por Ben Nedivi e Matt Wolpert, indicados ao Emmy. A quarta temporada, com 10 episódios, estreia mundialmente na sexta-feira, 10 de novembro, no Apple TV+, com um novo episódio semanal até 12 de janeiro de 2024.

Nos oito anos que se passaram desde a terceira temporada, a Happy Valley expandiu rapidamente sua presença em Marte, transformando antigos inimigos em parceiros. No ano de 2003, o foco do programa espacial se voltou para a captura e a mineração de asteroides extremamente valiosos e ricos em minerais que poderiam mudar o futuro da Terra e de Marte. Mas as tensões latentes entre os residentes da base internacional, agora em expansão, ameaçam desfazer tudo o que eles estão trabalhando.

O elenco que retorna para a quarta temporada inclui Joel Kinnaman, Wrenn Schmidt, Krys Marshall, Edi Gathegi, Cynthy Wu e Coral Peña, além dos novos integrantes da série Toby Kebbell, Tyner Rushing, Daniel Stern e Svetlana Efremova.

"For All Mankind" foi criado por Moore, vencedor do prêmio Emmy, e pelos indicados ao Emmy Nedivi e Wolpert. Nedivi e Wolpert atuam como showrunners e produtores executivos ao lado de Moore e Maril Davis da Tall Ship Productions, além de David Weddle, Bradley Thompson e Seth Edelstein. "For All Mankind" é produzida pela Sony Pictures Television.

As três primeiras temporadas de "For All Mankind" estão disponíveis por streaming no Apple TV+.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

SexPrivé Club: Nova apresentadora

Cine Gloob apresenta mais de 40 filmes no mês de Maio

​AMC Networks International – Latin America continua desafiando as tendências do mercado