Janeiro no CurtaOn: filme premiado de Eliza Capai chega à plataforma


Cena de 'Incompatível com a Vida', de Eliza Capai (Créditos: Divulgação/CurtaOn)



 

OUTRO DESTAQUE É A PASTA TOP25 QUE CONTA COM CONTEÚDOS FAVORITOS DA CRÍTICA
 


 

O ano começa em grande estilo no CurtaOn – Clube de Documentários. A plataforma de streaming, que agora está disponível no Prime Video Channels, da Amazon – além da Claro TV+ e de seu site oficial (CurtaOn܂com܂br) -, está cheia de novidades. O destaque do mês é a chegada do filme "Incompatível com a Vida", de Eliza Capai.
 

Vencedor da edição 2023 do festival "É Tudo Verdade", o longa também foi qualificado para o Oscar 2024, exibido no Hollywood Brazilian Film Festival e na Première Brasil do Festival do Rio 2023. Seu ponto de partida é o registro da gravidez interrompida da própria diretora, que conversa com mulheres que tiveram histórias semelhantes. Temas como vida e morte, luto, aborto e políticas públicas vêm à tona.
 

Outras três produções estreiam na plataforma: "Biocêntricos", de Fernanda Heinz Figueiredo e Ataliba Benaim, traz as reflexões da bióloga Janine Benyus, que propõe inovações tecnológicas e sociais inspiradas na Terra; "A Persistência da Memória", de Paola Vieira, série que aborda a memória sob diversos aspectos: parte de nossa identidade, matéria prima da psicanálise, das artes, culturas, base do conhecimento; e "O Gráfico Amador", de Aquiles Lopes e Lula Queiroga, sobre o movimento editorial e literário, que surgiu em Recife entre 1954 a 1961.
 

Além dos conteúdos que estreiam na plataforma, o CurtaOn apresenta uma novidade: a pasta Top25 – Favoritos da Crítica, que reúne os 25 longas mais bem avaliados pela crítica especializada. Vários deles foram exibidos ou mesmo premiados em importantes festivais do Brasil e do exterior.
 

Entre os destaques: "Espero Tua (re)Volta", de Eliza Capai, vencedor do Prêmio da Anistia Internacional e do Prêmio da Paz, ambos concedidos no Festival de Cinema de Berlim; "Por Onde Anda Makunaíma?, de Rodrigo Séllos, vencedor do Festival de Brasília; "George Harrison: Living In The Material World", dirigido por Martin Scorsese e vencedor de dois Emmys; o premiado "Cabra Marcado Para Morrer", de Eduardo Coutinho, um clássico do cinema nacional considerado pela Associação Brasileira de Críticos de Cinema (Abraccine) um dos 100 melhores filmes brasileiros de todos os tempos.
 

A pasta reúne ainda os seguintes filmes: "No Intenso Agora", "Cássia Eller", "Piripkura", "O Sal da Terra", "Zélia - Memórias de Amor", "Deixa na Régua", "A Batalha do Passinho"; "Meu Amigo Fela", "Biocêntricos", "Tudo É Projeto: Paulo Mendes da Rocha", "A Alma da Gente", "A Mulher da Luz Própria", "Onde a Terra Acaba", "Banquete Coutinho", "Ziraldo - Era Uma Vez Um Menino", "Crítico", "The Rolling Stones: Crossfire Hurricane", "Daniel Senise - Nem tudo Tem Que Ser Sobre Alguma Coisa", "Rio, Negro", "Operação Camanducaia", "A Mãe de Todas as Lutas".
 

Em seu acervo, o CurtaOn – Clube de Documentários - possui mais de mil produções entre filmes e séries, todas com a chancela do canal Curta! - do mesmo grupo do CurtaOn -, reconhecido pela exibição de conteúdos relevantes. Para assinar o serviço no Prime Video Channels, na ClaroTV+ ou no site oficial (CurtaOn.com.br), o investimento é de R$ 14,90 mensais. Novas assinaturas através do Prime Video e do site oficial terão sete dias gratuitos para degustação.

 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

SexPrivé Club: Nova apresentadora

Cine Gloob apresenta mais de 40 filmes no mês de Maio

Filha do cantor Ritchie apresenta nova temporada do programa NOIA no canal Woohoo