Série de TV debate sumiço das músicas pop de Lincoln Olivetti das rádios brasileiras nos anos 90


 

4º episódio de 'O Mago do Pop' vai ao ar amanhã, dia 28, às 22h, no canal por assinatura Music Box Brazil

 

 Junho de 2019 – A popularização do rock nacional nas rádios brasileiras motivou o sumiço dos megahits da MPB arranjados por Lincoln Olivetti das paradas musicais no início dos 90. Esse assunto é tema do quarto episódio da série de TV 'O Mago do Pop', que homenageia a contribuição do arranjador carioca - que também foi maestro, instrumentista e compositor - à música Pop. O programa vai ao ar amanhã, dia 28, às 22h, no canal por assinatura Music Box Brazil.

 

No decorrer da década de 80, Lincoln Olivetti e hit parade nacional são sinônimos. De nomes consagrados da MPB (Jorge Ben Jor, Zeca Pagodinho, Joana e Gal Costa, entre outros) ao infantil (Os Menudos, Trem da Alegria, Angélica, Sérgio Malandro e Balão Mágico, entre outros), todos eles queriam ter canções com arranjos do Lincoln. Mas, de repente, tudo mudou. Críticos o acusaram de ter americanizado a música brasileira. Para a indústria fonográfica, ele ficou ultrapassado depois que o rock chegou impondo um novo estilo sonoro mais despojado. Lincoln então passa a viver o lado oposto do sucesso. A sua situação se agrava com a morte do seu principal parceiro de trabalho, o guitarrista Robson Jorge, em 1992.

 

"O mercado alternativo estava doido por esse momento, que era de começar a não querer o Lincoln nas produções. E o Lincoln começou a cair em desuso", explica Carlos de Andrade, engenheiro de som e empresário artístico, que foi parceiro profissional do homenageado. O instrumentista e compositor Leo Gandelman também evidencia o boicote sofrido pelo arranjador: "Veio toda uma contracultura pregando a sujeira e o malfeito. Aí começou o combate contra a música do Lincoln, que era muito certinha, sofisticada, produzida e cuidada. Começou um tipo de música que não tinha nada a ver com isso". Por fim, o roqueiro George Israel abre espaço para mea-culpa:  "Quando a gente começou, a geração mais rock, de uma forma geral implicava com tudo que vinha antes".

 

Além dos vários depoimentos, a série 'O Mago do Pop', tem performances exclusivas de músicas arranjadas pelo homenageado. No 4º episódio, as faixas cantadas são: Michael Sullivan com 'É de Chocolate' e Fagner e Davi Moraes em 'Cidade Nua'. O projeto tem direção geral de Omar Marzagão e Úrsula Corona, que também se divide como apresentadora. É uma coprodução da Sete Artes Produções com Arissas, Malagueta Filmes, By Filmes & Tapioca Filmes. A gravação musical é da Biscoito Fino.

 

SERVIÇO

4º episódio 'Lincoln Olivetti – O Mago do Pop'

Quando: amanhã, 28 de junho, às 22h

Canal: Music Box Brazil

Direção geral: Omar Marzagão e Úrsula Corona

Apresentação: Úrsula Corona

Reprises: quintas-feiras, às 19h, e domingos, às 12h30

Novos episódios: sextas-feiras, às 22h

Total de episódios: 6

Duração por episódio: 26 minutos

Classificação indicativa: Livre


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

​NOVA SAFRA DE “UMA MULHER DE PESO” NO TLC SEGUE WHITNEY THORE EM FASE CRÍTICA DA CARREIRA E NA VIDA PESSOAL

​EM SAFRA INÉDITA NO TLC, “OS BUSBYS + 5” VIAJAM A NOVA YORK E APOSTAM EM NOVO NEGÓCIO

Paramount Channel Programação Semanal 1º a 07 de abril