A&E estreia Segredos do Miss América


Em quatro episódios, nova minissérie expõe escândalos chocantes do concurso de beleza mais antigo dos Estados Unidos

Pela primeira vez, mais de 20 mulheres que concorreram ao Miss América compartilham suas histórias e falam sobre casos de racismo, bullying e body-shaming


ESTREIA: 22/10, domingo, 21h45

A&E amplia sua franquia Segredos com a estreia de Segredos do Miss América (Secrets of Miss America), minissérie em quatro episódios que investiga o que há de mais oculto no universo do concurso de beleza mais antigo dos Estados Unidos e expõe escândalos chocantes.

Criado em 1921, o concurso que já foi assistido por mais de 80 milhões de pessoas por ano luta para manter sua relevância para uma nova geração de norte-americanos cujas opiniões sobre beleza e política sexual mudaram dramaticamente nas últimas décadas. Segredos do Miss América examina e-mails vazados por denunciantes em 2017, revelando a misoginia dentro do Conselho de Administração, alegações de racismo, a questão da saúde mental em torno da rivalidade e a controversa proibição dos trajes de banho da concorrência.

Denunciantes, concorrentes contemporâneas, executivos e delegados da organização, autores e críticos, além dos depoimentos de mais 20 ex-misses América, expõem a cultura do concurso que perpetuou racismo, bullyiing e body shaming, entre outros segredos.

Segredos do Miss América vai além do brilho e glamour do icônico concurso de beleza para revelar verdades brutas e os últimos escândalos que mancharam a coroa histórica. O A&E exibe dois episódios inéditos aos domingos, às 21h45: 

Sinopses

ESTREIA – 22/10

Truques sujos
Quando um informante decide expor a verdadeira face por trás das atitudes dos membros do conselho diretivo do concurso Miss América, vazando uma série de declarações e e-mails privados, toda a organização fica abalada. O que esses e-mails revelaram? E quais foram as suas verdadeiras repercussões?

Adeus Bikini
Desde a década de 1960, a rodada do traje de banho tem sido uma maldição e uma benção para o concurso. Quando a decisão drástica de eliminá-la foi tomada em 2018, criou-se uma divisão entre tradicionalistas e progressistas, que tem o potencial de acabar com este tipo de competição para sempre. 

29/10

Para toda América
Miss América afirma ser um concurso aberto a todas as raças, origens e formatos corporais. No entanto, foram necessários quase 70 anos e diversos escândalos até que uma mulher negra pudesse conquistar a coroa, e até agora não houve uma vencedora latina. Realmente deixou de ser uma competição racista?

Último episódioSob pressão
As diversas tragédias que aconteceram com várias participantes do concurso de Miss América colocaram o foco na saúde mental. Como as Miss América conseguem lidar com os julgamentos emitidos sobre o passado da competição? E como lidam com a pressão das expectativas atuais?

Classificação Indicativa: 14 anos

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

SexPrivé Club: Nova apresentadora

Cine Gloob apresenta mais de 40 filmes no mês de Maio

​AMC Networks International – Latin America continua desafiando as tendências do mercado