L!KE :: DESTAQUES DE 18 a 24 DE JANEIRO

 

Os destaques da programação do Canal Like (530 da Net/Claro) da próxima semana são a entrevista com o ator Marcos Palmeira, que fala sobre seus últimos trabalhos no cinema; o documentário "Democracia em Vertigem", indicado ao Oscar 2020 de Melhor Documentário; Maytê Piragibe e Hugo Bonemer destacam os filmes mais aguardados do Festival de Sundance e também indicam a série "Em Nome da Justiça", exibida pelo AXN.

 

 

ENTREVISTAS – MARCOS PALMEIRA

Marcos Palmeira esteve nos estúdios do Canal Like (530 da NET/CLARO) para falar sobre seus três novos trabalhos no cinema: "Intervenção", "A Divisão" (já lançados em circuito nacional) e "Boca de Ouro", exibido no Festival de Brasília e no Festival do Rio em 2019. No bate-papo com a repórter Anne Braune, o ator conta que nunca imaginou trabalhar tanto aos 56 anos: "É um momento especial da minha carreira porque sou filho do cinema brasileiro, nasci no Cinema Novo, passei a década de 1980 filmando muito, depois fui para televisão, me tornei galã de novela, o mocinho, algo que eu jamais poderia imaginar. É muito bom poder transitar por todas essas áreas, mas acho que o cinema é minha grande casa", diz.

Em "Boca de Ouro", o ator interpreta um temido e respeitado bicheiro, figura praticamente mitológica no bairro de Madureira (Rio de Janeiro) durante os anos 60. A produção é baseada na peça teatral de Nelson Rodrigues, de 1959, que já ganhou uma adaptação cinematográfica pelas mãos do cineasta Nelson Pereira dos Santos: "É um personagem polêmico, que está no imaginário popular, todo mundo acha que esse cara existiu, mas na verdade é uma criação do Nelson Rodrigues. E, ao mesmo tempo, mostra a atualidade desse texto".

Outro longa estrelado por Marcos Palmeira é "Intervenção", que revela a rotina dos policiais nas UPPS – Unidades de Polícia Pacificadoras – do Rio de Janeiro e mostra como é o convívio deles com cidadãos ainda reféns do tráfico e da milícia: "O filme expurga a nossa realidade e mostra como a UPP tinha um sentido muito rico, mas não adianta colocar a polícia ali sem o resto: saneamento básico, escola, educação, saúde. A gente está expondo uma realidade sem tomar partido", define.

O ator também está no elenco de "A Divisão", trama baseada em histórias reais, que narra os bastidores do trabalho dos policiais da divisão Antissequestro (DAAS) no Rio de Janeiro para desmontar quadrilhas que transformaram sequestro relâmpago em indústria no final da década de 1990: "No filme 'Intervenção', convivi com a polícia. E no 'A Divisão', com ex-presidiários. O filme prova que quando a polícia quer, ela resolve. Foi o que aconteceu para acabar com a onda de sequestro no Rio".

 

Serviço:

Canal Like: 530 da NET/Claro

No ar segunda, dia 20 de janeiro, às 20h.

Assista também: quarta, dia 22, e sexta, dia 24, às 20h

 

 

PROCURANDO O DOC – DEMOCRACIA EM VERTIGEM

Muitos cineastas preferem esperar a poeira da História baixar pra poder abordar episódios complexos com distanciamento crítico, já que correm o risco de atingir o nervo exposto de questões espinhosas. Outros realizadores acham justamente o contrário: o ideal é aproveitar o calor do momento pra investigar com frescor e energia a dinâmica avassaladora do desenrolar dos fatos políticos que afetam a todos nós.

Foi com esse espírito inquieto e perplexo que a diretora mineira Petra Costa se propôs a passar em revista a história recente do Brasil no documentário "Democracia em Vertigem", indicado ao Oscar 2020 de Melhor Documentário. A cineasta acompanhou as manifestações de junho de 2013, o impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff, a prisão de Lula, a eleição de Jair Bolsonaro e a selvagem polarização do país.

A própria diretora vive na pele essa polarização. Seus avós, donos de empreiteira, pertencem à extrema direita e são defensores de Bolsonaro. Já seus pais, foram militantes de esquerda e perseguidos pela ditadura. O filme conta com imagens internas e exclusivas dos bastidores do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC Paulista e do Palácio da Alvorada enquanto ocorria a votação pra queda da Dilma.

A produção analisa o papel de Lula como o símbolo da ascensão da classe trabalhadora ao poder e o desafio de se tentar um governo conciliatório no cenário político nacional. "Democracia em Vertigem" registra a passagem do otimismo dos anos 2000 para o desamparo da estagnação financeira, com crise econômica e recessão.

 

Serviço:

Canal Like: 530 da NET/Claro

No ar terça, dia 21 de janeiro, às 15h.

Assista também: quinta, dia 23, às 15h


 

MOSTRAS E FESTIVAIS – FESTIVAL DE SUNDANCE

Todo ano, o grande circuito de festivais começa com o Festival de Sundance - um dos últimos bastiões do cinema independente no mundo. Em meio ao inverno da pacata Park City, em Utah, a cidade é transformada em um vilarejo dedicado a sétima arte.

Fundado em 1978 por Robert Redford, que tinha uma casa de férias na cidade, Sundance logo se tornou a maior vitrine do cinema independente americano. Mas, de uns anos pra cá, o festival tem acolhido cada vez mais produções internacionais. Hoje, elas constituem quase metade dos filmes do festival. Em 2015, Regina Casé levou o prêmio de Melhor Atriz, na categoria de Filmes Internacionais de Ficção por sua atuação em "Que Horas Ela Volta?", de Anna Muylaert.

A edição 2020 do Festival de Sundance, que acontece entre 23 de janeiro e 2 de fevereiro, está cheia de filmes bons e o Canal Like (530 da Net/Claro) dá a dica de alguns destaques do vasto "cardápio" desse ano.

Uma das estreias mais aguardadas é a biografia "Sérgio", produzida e estrelada pelo Wagner Moura. O filme conta as consequências da invasão do Iraque pelos Estados Unidos em 2002, pelo ponto de vista de Sergio Vieira de Mello, um Alto Comissário das Nações Unidas para os direitos humanos. O diplomata morreu aos 55 anos em Bagdá, vítima de um ataque terrorista na sede local da ONU, em 2003.

Para quem é fã de terror e curtiu "Hereditário", uma grande aposta é a produção indonésia "Impetigore". Depois de quase morrer em um acidente, a jovem Maya decide investigar o passado de seus pais, que ela nunca conheceu direito, e acaba em um vilarejo isolado que ela morou quando era um bebê.

Em 2012, o diretor Behn Zeitlin lançou em Sundance sua fábula fantástica "Indomável Sonhadora", que ganhou o premio do Júri de Melhor Filme no festival. Oito anos depois, ele retorna com seu novo filme, "Wendy", que recria a história de Peter Pan em um contexto inovador.

Outro destaque aguardado por uma legião de fãs é "Miss Americana", o novo documentário da Taylor Swift, um dos filmes de abertura do festival. A produção mostra o processo de transformação da artista durante as gravações do seu último disco.

Serviço:

Canal Like: 530 da NET/Claro

No ar terça, dia 21 de janeiro, às 10h.

Assista também: quinta, dia 23, às 10h

 

 

SÉRIES – EM NOME DA JUSTIÇA

Quem é fã de tramas com investigação criminal e perfis psicológicos de assassinos, deve conhecer Ilana Casoy. Pioneira no estudo das ciências criminais no Brasil, ela também é escritora de diversos best-sellers sobre crimes famosos que aconteceram no território nacional. E é claro que o cinema não ia deixar uma mente dessas de fora!

Ilana já trabalhou como consultora em novelas e é roteirista dos longas "A Menina que Matou os Pais" e "O Menino que Matou Meus Pais", história do famoso caso envolvendo Suzane Von Richthofen e Daniel Cravinhos que será contada em dois filmes, cada um com a sua versão do caso. Enquanto as produções não chegam às telas do cinema, o Canal Like (530 da Net/Claro) indica a série inédita do AXN, "Em Nome da Justiça".

A série, narrada em estilo docudrama, mostra vários casos de pessoas que foram condenadas por crimes que não cometeram. Em cada episódio, Ilana Casoy traz todo o seu conhecimento apresentando peças desconhecidas dos casos, como foram feitas as investigações e o contexto social da época."Em Nome da Justiça" também traz entrevistas com profissionais que fazem parte desse universo e, o mais importante, depoimentos dos próprios acusados.

Serviço:

Canal Like: 530 da NET/Claro

No ar de segunda para terça, dia 21 de janeiro, à 0h.

Assista também: quinta, dia 23, e sábado, dia 25, à 0h

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

​NOVA SAFRA DE “UMA MULHER DE PESO” NO TLC SEGUE WHITNEY THORE EM FASE CRÍTICA DA CARREIRA E NA VIDA PESSOAL

Pyong Lee fala do seu namoro atual e conta que já apanhou de namorada

DUPLA DÁ VIDA NOVA A CASAS ABANDONADAS NA SÉRIE “ALISON E DONOVAN: REFORMANDO COM ESTILO”