‘Gabriel Monteiro – Herói Fake’, série documental Original Globoplay, estreia nesta terça-feira, dia 6

GLOBOPLAY

Da ascensão meteórica nas redes sociais às páginas policiais. Quem é Gabriel Monteiro, ex-vereador, ex-policial militar e youtuber que coleciona uma série de episódios polêmicos? A série documental Original Globoplay 'Gabriel Monteiro – Herói Fake', que chegou à plataforma nesta terça-feira, dia 6, mostra, em quatro episódios, a sua trajetória desde as primeiras tentativas de se tornar celebridade nas mídias digitais até sua prisão preventiva por acusação de crimes sexuais. Dirigida por Eliane Scardovelli e Rafael Norton, o documentário em série traz depoimentos de mulheres e ex-assessores que o acusam de estupro, assédios sexual e moral, peculato, tortura, além de depoimentos dos delegados que conduzem as investigações e vídeos inéditos que escancaram o personagem criado por ele.     
  
"A série tem dois fios condutores: a cassação do mandato dele e as histórias das vítimas. É a desconstrução de um herói fabricado nas redes sociais. Mostramos como ele surgiu e como sua reputação foi ruindo. Mas também é uma história bonita de união de mulheres que, apesar do medo, tomam coragem para contar os episódios de agressões que sofreram", explica Eliane Scardovelli. "A série começa e termina no dia da cassação do mandato do Gabriel. O julgamento pelos seus pares e a defesa dele nesse dia direcionaram a narrativa. Desde a época de PM, o sucesso meteórico nas redes sociais até a chegada na Câmara Municipal, é uma história marcada por manipulações", complementa Rafael Norton.     
  
Com mais de seis milhões de inscritos só no seu canal do Youtube, Gabriel ganhou fama quando ainda era policial militar no Rio de Janeiro. Estreou na política em 2020 como o terceiro vereador mais votado do Rio de Janeiro. Em agosto deste ano, teve o mandato cassado após ser acusado por estupro e se tornar réu em ações por assédio sexual e por gravar vídeos de sexo com menores de idade. No dia 4 de novembro, foi preso preventivamente por um dos casos de estupro, cometido em julho deste ano. "O documentário conversa muito com temas que são universais. É uma discussão super atual do que é assédio e do que é estupro. Uma reflexão sobre o falso moralismo, que rende notoriedade. São temas que extrapolam o caso Gabriel Monteiro e falam de uma realidade mais ampla", destaca a produtora Clarissa Cavalcanti.     
 
 A obra 'Gabriel Monteiro – Herói Fake' é resultado também do trabalho investigativo desenvolvido ao longo de oito meses pelo repórter da TV Globo Mahomed Saigg. "Desde o início procuramos fazer nossa própria investigação, sem dependermos apenas do trabalho da Polícia Civil e dos vereadores da Câmara do Rio. Fomos a campo e descobrimos novas vítimas. Pudemos mergulhar num universo obscuro onde ficaram escondidos por bastante tempo muitos crimes e abusos", revela o jornalista.  

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Influenciadora Stephanie Silveira posta fotos sensuais do seu dia a dia na Privacy

Pode preparar a pipoca!

NICKELODEON ESTREIA SPYDERS