Série documental ‘Enredos da Liberdade – O Grito do Samba Pela Democracia’ estreia hoje no Globoplay

GLOBOPLAY
Em cinco episódios, ricos em entrevistas e imagens de arquivo, a obra original conta a história de resistência da maior festa popular do mundo, o Carnaval, frente às repressões do regime militar no Brasil durante os anos 80
Martinho da Vila, Flávia Oliveira, Neguinho da Beija-Flor, Pinah, Rosa Magalhães, Haroldo da Costa, Leci Brandão, Muniz Sodré e Milton Cunha. Esses são apenas alguns dos nomes de peso que compõem a série documental, Original Globoplay, que estreia nesta quinta-feira, dia 01/2, na plataforma de streaming da Globo. Em cinco episódios, disponíveis para maratonar, 'Enredos da Liberdade – O Grito do Samba Pela Democracia' aborda, com muita música, pesquisa e poesia, o processo de criação dos sambas-enredo que surgiram nos anos 80, em meio ao contexto de ruptura com o regime militar, que já perdurava por 20 anos no Brasil.

A série mostra que o samba, apesar de ter sido vigiado durante os anos de chumbo, consegue eclodir no período da redemocratização, fruto da efervescência de crítica social e do avanço dos debates da luta negra no Brasil e no mundo. Os sambas-enredo, nesse sentido, se afirmaram como uma manifestação cultural que faz desfilar a ideia de uma nova sociedade, reorganizada pela dramaturgia carnavalesca, como afirma o diretor da série, Luis Carlos de Alencar. "As escolas de samba, a partir dos anos 80, também traduziram, elaboraram e formularam suas críticas sociais e seus próprios projetos de sociedade. Seja algo conjuntural – enredos que falam da censura, da inflação, do FMI, do arrocho salarial -, seja em uma dimensão mais histórica e estrutural – que vai falar do negro na sociedade brasileira, denunciar as agruras da escravatura e do pós-abolição, e também anunciar possibilidades de futuros, lugares que não existem senão como desejo de bem viver e justiça", declara.

A produção contou com mais de 30 profissionais envolvidos e se desdobrou em 45 dias de filmagens. Cerca de 12 Escolas de Samba foram entrevistadas, totalizando 55 nomes consagrados do Carnaval Carioca, entre eles compositores, intérpretes, passistas, mestres de bateria, carnavalescos, presidentes de agremiações e Velhas Guardas. Somaram-se ainda 31 entrevistados que são especialistas nesta grande festa, na história brasileira da luta pela democracia e na história da resistência negra no país.

Além do uso de imagens raras do acervo da Globo, outro destaque é a trilha sonora, desenvolvida a partir da diversidade musical dos sambas-enredo, sob a batuta do diretor musical Rafael Mike e seus músicos. Todos os episódios terminam com um número musical de um samba memorável regravado, para o qual foram convidados cantores de grande relevância da música popular brasileira, a exemplo de Teresa Cristina, Mart'nália, além de intérpretes reconhecidos e também de novatos no mundo das Escolas de Samba, como Grazi, Vic Tavares, Wantuir, Bico Doce e Analimar.

'Enredos da Liberdade – O Grito do Samba Pela Democracia' é uma série documental Original Globoplay de cinco episódios. A direção e argumento são de Luis Carlos de Alencar; a ideia original, argumento e direção de pesquisa são de Rodrigo Reduzino; o roteiro é de Vitã e a produção executiva é de Vladimir Seixas e Camilla Ribeiro, da produtora Couro de Rato.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

SexPrivé Club: Nova apresentadora

Cine Gloob apresenta mais de 40 filmes no mês de Maio

Imersão internacional