Telecine exalta a excelência preta dentro e fora das telas


 

"No começo, não se viam muitas cores. Mas elas sempre estiveram por aqui. Porque uma boa história se conta com todas". É propondo essa reflexão sobre a importância de tornar o cinema cada vez mais diverso e plural, que o Telecine apresenta a Semana da Excelência Preta. E é com o objetivo de propagar a representatividade e a igualdade, que o Tela Preta, coletivo de funcionários pretos do Telecine, busca enaltecer não só no mês de novembro, mas durante todo o ano, o protagonismo negro por meio da curadoria de conteúdo e projetos especiais. Do grupo, também surgem ações voltadas para o público como a do Dia da Consciência Negra, celebrado em 20 de novembro, que este ano parte do conceito de que "Sem o preto não se faz uma boa história".

 

Em uma vinheta especial, cenas icônicas de filmes como MarighellaCorra!Rafiki e Um Limite Entre Nós são distorcidas com a exclusão da cor preta, para que apenas tons brancos sobressaiam. O intuito é impactar e despertar incômodo e curiosidade em quem está do outro lado assistindo. Logo, surge na tela a pergunta "Notou algo estranho?", e as imagens retornam à versão original com a cor preta, reforçando como o cinema só fica completo se for imbuído por todas as cores.

 

Para quem quer conferir esses e muitos outros títulos nacionais e internacionais, a cinelist Excelência Preta exalta o ano inteiro o cinema negro. E o melhor, a seleção pode ser vista a qualquer momento no catálogo Telecine, dentro do Globoplay e via operadoras.

 

Nos canais, até 20 de novembro, a programação também homenageia renomados artistas negros brasileiros, um a cada dia, em maratonas da Semana da Excelência Preta. No primeiro dia, nesta terça, teve dose dupla de Grande Otelo no Cult, com os clássicos Macunaíma e Rio, Zona Norte, também disponíveis no acervo online. Na quarta, às 18h10, é a vez de Babu Santana embalar a noite do Touch com os filmes EstômagoMundo Cão e Tim Maia exibidos em sequência. Samantha Schmütz diverte a quinta do Fun a partir das 20h, com Tô Ryca!Tô Ryca! 2 e Não Vamos Pagar Nada. Os especiais continuam na sexta: Lázaro Ramos invade o Premium às 20h15 com O Silêncio da Chuva e, às 22h, com a estreia do inédito As Verdades. No sábado, 19, Cacau Protásio garante a risada no Pipoca em três comédias, a partir das 20h05: Os FarofeirosA Sogra Perfeita e Juntos e Enrolados. E no domingo, Dia da Consciência Negra, Seu Jorge é homenageado no Action, às 10h40, com duas obras que levam a potência do negro brasileiro para o mundo: Cidade de Deus e Marighella.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

NICKELODEON ESTREIA SPYDERS

Pode preparar a pipoca!

Formula E