Sebastião Tapajós é homenageado no SescTV no mês em que ele completa 70 anos


 
Documentário e show inéditos com o violonista são exibidos no canal no dia 06/04, domingo, a partir das 22h
  
 
                                                                                                           Foto: Adi Leite

No mês em que completa 70 anos (dia 16/04), o paraense de Santarém Sebastião Tapajós, uma das virtuoses do violão no Brasil e no exterior, é homenageado no SescTV com a exibição de um documentário da série Passagem de Som e um show da série Instrumental Sesc Brasil com o violonista e compositor. Os programas estreiam no dia 06/04, domingo, a partir das 22h, com direção para TV de Max Alvim.
 Depoimentos deGilberto Gil Lenine estão no documentário.
  
Entre outros temas, o documentário discorre sobre a formação erudita de Tapajós, com influência nas sonoridades da Amazônia; a guitarrada, ritmo típico do Pará com nuances da música caribenha, inserido na música do violonista; a inspiração de Tapajós para compor Igapó a partir do Estudo nº 1, de Villa-Lobo; o encontro do músico com Astor Piazzolla, bandeonista e compositor, um dos nomes mais relevantes da música argentina; e a infância de Tapajós em Santarém. Além disso, o programa mostra trechos do Festival Terruá Pará, que teve a participação de Tapajós. 
  
A produção traz depoimentos do Tapajós, dos músicos que tocam com ele, Sérgio Ábalos (violonista), Márcio Jardim (baterista e percussionista) e Dhionny Gama (contrabaixista), e de cantores e compositores como Gilberto Gil Lenine. Para Gil, Tapajós pertence a uma escola brasileira de violão, onde passou nomes como Baden Power, Paulinho Nogueira, Rafael Rabello, Yamandu Costa, ou violonistas mais modestos, segundo o cantor, como Jorge Ben e ele próprio. “Uma escola única, própria, particular, extraordinariamente culta”, afirma. 
  
Logo após a exibição do documentário entra no ar o show da série Instrumental Sesc Brasil com Sebastião Tapajós, que executa composições próprias, como ArapucaIgapó;  Pássaro no Jardim; e Rei Solano, além de “Primavera Porteña”, de Astor Piazzolla; e “De Vuelta Y Media”, de Maximo Barbieri. 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

SexPrivé Club: Nova apresentadora

Cine Gloob apresenta mais de 40 filmes no mês de Maio

Imersão internacional