Grande Irmão, coprodução do Canal Brasil, estreia na próxima quinta, dia 1º de dezembro

 

 

Grande Irmão. Crédito: Divulgação.
 

Estreia no Canal Brasil dia 1º de dezembro, às 19h, o longa-metragem "Grande Irmão". Dirigido por Camilo Tavares, o documentário é uma coprodução do Canal Brasil e retrata os 17 anos de ditadura do general Augusto Pinochet, no Chile, desde o golpe de Estado.
 

O documentário conta com materiais inéditos de arquivo e mostra, com detalhes, a participação do governo militar brasileiro no golpe de 11 de setembro de 1973, em Santiago, que tirou Salvador Allende da presidência do Chile. A ditadura de Pinochet durou 17 anos, torturou mais de 40 mil pessoas e deixou três mil mortos ou desaparecidos. O filme traz depoimentos de pessoas envolvidas com o contexto político da época, como Delfim Netto, Ministro da Fazenda no governo Médici, Almino Afonso, José Serra, Orlando Sáenz, Ministro da Fazenda do Chile no governo Pinochet, e o cineasta chileno Patrício Guzmán.

 

Grande Irmão (2022) (110')

Horário: Quinta, 1/12, às 19h

Direção: Camilo Tavares

Classificação: 14 Anos

Sinopse: 11 de setembro de 1973, Santiago do Chile. O presidente eleito Salvador Allende, que planejava um governo socialista, sofre um golpe de Estado que contou com o apoio do governo militar brasileiro e participação dos Estados Unidos. Começou assim a sangrenta ditadura do general Pinochet que durou 17 anos e teve graves consequências para a Democracia em toda a América Latina. Com rico material de arquivo, o filme expõe documentos secretos e confidenciais de entidades como Itamaraty, Embaixada Brasileira no Chile, CIA e Casa Branca.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Influenciadora Stephanie Silveira posta fotos sensuais do seu dia a dia na Privacy

Pode preparar a pipoca!

NICKELODEON ESTREIA SPYDERS