Telecine relembra figurinos marcantes do cinema e filmes que lançaram tendências como Top Gun -- Ases Indomáveis

  

Sequência do clássico estreia em 22 de dezembro e traz Tom Cruise de volta a um dos personagens mais emblemáticos de sua carreira, o piloto Maverick, com seu visual inconfundível, de óculos aviador e jaqueta de couro

 

Está aberta a contagem regressiva para a estreia mais esperada do ano no TelecineTop Gun: Maverick, fenômeno de bilheteria pelo mundo e sequência de Top Gun -- Ases Indomáveis. Até 22 de dezembro, quando o filme aterrissa no catálogo online, dentro do Globoplay e via operadoras, a marca que entende tudo de cinema faz um esquenta turbinado, começando com um passeio nostálgico para ajudar o público a relembrar como a primeira produção virou um clássico além das telonas, invadindo o universo da moda e lançando tendências.

 

Quem não se recorda do visual de Pete "Maverick" Mitchell com óculos escuros e jaqueta de couro? E assim como o piloto de Tom Cruise, o figurino de muitos outros personagens da ficção marcam a relação cinema e moda, com uma inspiração mútua entre essas artes que tanto influenciam as pessoas. Ainda na década de 80, o pôster de Flashdance já mostra uma nova sensação da época: o moletom despojado sem gola da protagonista Alex Owens (Jennifer Beals).

 

Voltando a 1961, o charmoso vestido de Holly, interpretada pela atriz Audrey Hepburn em Bonequinha de Luxo, entrou para a história da sétima arte como uma referência atemporal. Assinada pelo estilista francês Hubert de Givenchy, a peça se tornou um ícone ao espalhar o conceito do "pretinho básico". Por falar em elegância, até em ação o agente James Bond prova nos 25 longas da série 007, disponível em uma cinelist no Telecine, que continua impecável. A família Corleone, no quesito vestuário de gala, também rouba a cena nos três filmes de O Poderoso Chefão.

 

Já nos anos 1990, foi a vez de uma geração ser cativada por Cher (Alicia Silverstone), Dionne (Stacey Dash) e Tai (Brittany Murphy), de As Patricinhas de Beverly Hills. Para a composição das personagens, a figurinista Mona May adaptou looks das passarelas e deu um ar juvenil para as roupas das estudantes, abusando de estampas como a xadrez. Muito antes do trio, desde 1930, Betty Boop é sinônimo de empoderamento e moda, dos desenhos para as telas. Na plataforma, a diva da cultura pop é protagonista das produções Betty Boop em Pobre CinderelaBetty Boop: o Terrível Barulho e Betty Boop: Amor Verdadeiro. Outra mulher cheia de personalidade, nos quadrinhos e nos cinemas, é Arlequina, vivida nos cinemas por Margot Robbie. Dos trajes ao cabelo com mexas rosa e azul, seu estilo é um dos mais populares entre os fãs da cultura geek. No Telecine, ela marca presença no filme Aves de Rapina: Arlequina e sua Emancipação Fantabulosa.

 

Mas, de tão inconfundível, ninguém supera um símbolo máximo do cinema quando o tema é figurino emblemático: Carlitos, interpretado em diferentes obras por Charles Chaplin. Um contraste reconhecido desde sua primeira aparição com calças largas, casaco justo, chapéu coco e bengala. Sem falar no bigode, que completa a caracterização.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Influenciadora Stephanie Silveira posta fotos sensuais do seu dia a dia na Privacy

Pode preparar a pipoca!

NICKELODEON ESTREIA SPYDERS