TikTok vai transmitir jogos e conteúdo exclusivo do Brasileirão Feminino Neoenergia



Parceria entre CBF e Mowa Sports traz ainda mais opções de conteúdo para conectar fãs do futebol de todo o país na plataforma

O TikTok tem se tornado cada vez mais o destino para os amantes do esporte por meio de conteúdos exclusivos e parcerias com campeonatos nacionais e internacionais, federações, clubes e atletas. Buscando diversificar ainda mais as opções de conteúdo para os fãs de futebol, em parceria com a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e o Desimpedidos, a plataforma anuncia a transmissão de jogos do Campeonato Brasileiro de Futebol Feminino - o acordo de direitos também foi conduzido pela Mowa Sports, que será a responsável pela produção e transmissão de todas as partidas. Disputado desde 2013, o Brasileirão Feminino Neoenergia é a principal competição do país. Todos os 14 jogos da fase final serão transmitidos de forma gratuita e exclusiva nas plataformas digitais. O torcedor poderá acompanhar pelo perfil do Desimpedidos ( @desimpedidos ) e no recém-criado perfil da competição ( @brfeminino ) no TikTok. As transmissões começam neste sábado (14), com o jogo entre Grêmio e Palmeiras, pelo duelo de ida das quartas de final.

"Pela primeira vez o TikTok irá transmitir o futebol feminino, dando ainda mais visibilidade para o esporte. Estamos muito animados com essa parceria com a CBF, reafirmando a plataforma como um destino para quem busca conteúdo esportivo", afirma Harish Sarma, Head global de Desenvolvimento de Negócios de Conteúdo do TikTok. "Queremos democratizar o acesso a um conteúdo de qualidade, reunir o melhor que a temporada pode proporcionar e animar ainda mais os fãs de futebol", completa Sarma.

O TikTok também transmitirá as outras sete partidas das quartas de final, incluindo Ferroviária x Santos, Avaí/Kindermann x Corinthians, com o primeiro encontro marcado para este domingo (15), e São Paulo x Internacional, na segunda-feira (16), fechando os duelos de ida. Os jogos de semifinal e final também estão garantidos de forma exclusiva na plataforma digital.

Um dos grandes destaques do acordo é a participação do Desimpedidos, canal que está entre os principais canais de conteúdo digital esportivo do Brasil. O time volta a campo, neste domingo, dia 15, às 20 horas, com o apresentador Chicungunha, comentários de Alê Xavier e Mari Pereira, e reportagem de Marília Galvão, na partida entre Avaí/Kindermann e Corinthians. Além da reedição da final de 2020, a equipe comandará mais três partidas. Na segunda, às 17 horas, é a vez de engrossar o coro no duelo entre Inter e São Paulo. No dia 22, domingo, Palmeiras e Grêmio, às 20h. E na segunda, 23, Santos e Ferroviária, às 19h.

As transmissões também contarão com conteúdo pré-jogo, no intervalo e no pós-jogo para os usuários do aplicativo, com entrevistas e conteúdos exclusivos, permitindo a integração dos times, jogadores, apresentadores e fãs. O TikTok terá ainda funcionalidades exclusivas para integrar o conteúdo ao vivo dos jogos do campeonato com as reações dos fãs durante a partida. Os usuários poderão votar pelo aplicativo na melhor jogadora da partida, momento do jogo, dentre outras opções que serão apresentadas ao longo do campeonato.

"A chegada do TikTok é mais um passo importante na valorização e aumento da visibilidade do Brasileirão Feminino. O torcedor passa a contar com mais uma opção acessível e gratuita para acompanhar os jogos. O futebol feminino tem um componente muito natural que é o potencial de engajamento e a possibilidade de bater cada vez mais recordes de audiência, e tenho certeza que essa parceria vai se mostrar muito efetiva nesse sentido", explica Aline Pellegrino, Coordenadora de Competições da CBF.

"Além do protagonismo do esporte praticado por mulheres, a NWB apoia um futebol mais justo e igualitário além das quatro linhas e essa parceria com a CBF e TikTok reforçam essa nossa missão", reforça Pedro Fogaça, gerente de projetos da NWB, produtora do Desimpedidos.

Sobre o Brasileirão Feminino Neoenergia

Organizado e custeado pela CBF, com apoio do Fundo de Legado da Copa do Mundo FIFA 2014, o Brasileirão Feminino Neoenergia reúne 16 clubes na divisão de elite. Após 15 rodadas da primeira fase, a principal competição de futebol feminino entra na fase final com a disputa das quartas de final, semifinal e final.

Desde 2013, as equipes campeãs foram o Centro Olímpico (2013), Ferroviária (2014 e 2019), Rio Preto (2015), Flamengo (2016), Santos (2017) e Corinthians (2018 e 2020). Neste ano, a competição conta com transmissão ao vivo de todos os 134 jogos, divididos na TV aberta (Band), Pay-TV (Sportv) e nas plataformas digitais, pelo TIKTOK no @Brfeminino e @Desimpedidos.

Desde a edição de 2020, a competição também entrou para a história com o uso inédito do árbitro de vídeo, o VAR. Segundo dados da FIFA, a CBF é a primeira confederação a levar a tecnologia para a disputa em competições femininas nacionais. O recurso também estará utilizado nos jogos da semifinal e final desse ano.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Fenômeno nas redes sociais, Maru Karv estreia como apresentadora no “Manda Nudes”

Lifetime Movies: A História de Chris Porco resgata caso de filho que matou o pai e desfigurou a mãe

SexPrivé apresenta ‘ménage à trois ao vivo’ em feira virtual de negócios do mercado adulto