Brasileirão Feminino começa nesta sexta-feira com uma cobertura especial do sportv

SporTV


 

  • Canal exibirá cerca de 40 partidas ao longo da temporada, sendo pelo menos duas por rodada na fase inicial
  • Palmeiras abre o torneio diante do Atlético-MG, às 21h, no Allianz Parque. Transmissão começa meia-hora antes de a bola rolar, com a narração de Milton Leite
  • Antes da partida, sportv mostra a partida da seleção brasileira sub-17 contra a Bolívia, às 18h30, pelo Sul-Americano da categoria
  • Novidade na campanha "Doe Gols": cada rede balançada no Brasileirão entre as mulheres será revertida em doações de três calçados para instituições infantis
  • Na tarde desta sexta-feira, programa especial apresentado pela narradora Renata Silveira traça uma linha do tempo sobre a evolução do futebol feminino no país    

 

A principal competição entre clubes de futebol entre as mulheres do Brasil vai começar. Dezesseis clubes de quatro regiões diferentes do país iniciam nesta sexta-feira, dia 4, a disputa do Campeonato Brasileiro Feminino. O sportv irá transmitir cerca 40 jogos da competição nesta temporada, sendo pelo menos dois por rodada na fase inicial e todos os confrontos eliminatórios. A partida de abertura do torneio será entre Palmeiras, atual vice-campeão, e Atlético-MG. O narrador Milton Leite e os comentaristas Caio Ribeiro e Renata Mendonça estarão no Allianz Parque acompanhando todas as emoções deste jogão, a partir de 21h. A transmissão começa 30 minutos antes de a bola rolar, com análises sobre o que esperar desta edição e quem são os favoritos ao título.

 

A programação desta sexta-feira no sportv será em boa parte dedicada ao futebol feminino. Antes de Palmeiras x Atlético-MG o canal exibe o confronto entre Brasil e Bolívia, pela segunda rodada do Sul-Americano Sub-17, a partir de 18h30. Na estreia, na última quarta-feira, as brasileiras derrotaram a Argentina por 3 a 0. O torneio acontece em Montevidéu, no Uruguai, e este segundo compromisso da equipe nacional terá narração de Henrique Guidi e comentários de Fabíola Andrade, com Fernanda Colombo na Central do Apito.

 

No meio da tarde desta sexta-feira, logo após o 'Seleção sportv', haverá um programa especial para traçar uma linha do tempo sobre a evolução do futebol feminino no Brasil. A história começa desde a proibição de mulheres praticarem o esporte, em 1965, passando pelo surgimento dos primeiros times, desenvolvimento da seleção, até a virada de jogo em 2019, quando a Conmebol reivindicou aos grandes clubes terem times femininos. A narradora Renata Silveira apresenta o programa, que tem entrevista das jogadores Cristiane, do Santos, Tamires, do Corinthians. "Eu não entendia o motivo pelo qual o futebol era uma brincadeira só de menino. Não fazia sentido para mim. Porque não deixava de ser uma brincadeira. Assim como soltar pipa, jogar bolinha de gude", ressalta Cristiane, que nesta temporada defende a equipe do Santos. "Se é o seu sonho, se é o objetivo da sua carreira, eu acho que você tem que insistir e procurar suporte nas pessoas que querem te ajudar", avisa.

 

Segunda maior artilheira da história da seleção feminina, Cristiane, por sinal, pode ter uma participação fundamental este ano na campanha "Doe Gols" deste ano, promovida pelo sportv em parceria com a Centauro e a instituição Play For a Cause. Em sua quarta edição, traz uma novidade: a cada rede balançada no Brasileirão Feminino, três pares de calçados serão doados para instituições que cuidam de crianças e adolescentes com necessidades, assim como já acontecia desde 2019 no masculino.  

 

O Corinthians é o atual bicampeão brasileiro e será tema do 'Esporte Espetacular' deste domingo, no material feito pela repórter Gabriela Ribeiro elencando os candidatos a derrubar a hegemonia da equipe. Na abertura desta temporada do futebol feminino no país, o time paulista levantou a taça da Supercopa, em uma emocionante final contra o Grêmio, decidida apenas nos acréscimos. O estado de São Paulo tem venceu todas as edições da competição desde que ela passou a ser disputada no atual formato – com as 16 equipes se enfrentando em turno único e as oito melhores avançando para as quartas de final. Além das corintianas, que levantaram a taça três vezes (2018, 2020 e 2021), Santos (2017) e Ferroviária (2019) também já subiram conquistaram a taça. Dos 16 participantes, sete são do estado; além de dois representantes de Minas Gerais, Rio Grande do Sul e Distrito Federal; e um do Pará, Rio de Janeiro e Santa Catarina. Na segunda-feira, fechando a primeira rodada, o Flamengo recebe o São Paulo no Estádio Luso Brasileiro, na Ilha do Governador. O jogo acontece às 20h e também terá cobertura ao vivo do sportv.

 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

NICKELODEON ESTREIA SPYDERS

Formula E

Pode preparar a pipoca!