Canal Brasil exibe o filme "Eu Sou Carlos Imperial", em homenagem ao aniversário de morte do polêmico e adorado produtor artístico


Cena do filme "Eu Sou Carlos Imperial". Crédito: Divulgação.
 

Para homenagear o apresentador, compositor, produtor, diretor e ator Carlos Imperial (1935-1992) no trigésimo aniversário de sua morte, o Canal Brasil exibe à 0h30 de sexta, 4 de novembro, o documentário "Eu Sou Carlos Imperial". Dirigido por Renato Terra e Ricardo Calil, o filme lançado em 2016 é baseado no livro "Dez, Nota Dez - Eu Sou Carlos Imperial", de Denilson Monteiro.
 

O longa reconstitui sua trajetória, recheada de polêmicas e histórias antológicas, que são relembradas em entrevistas de personalidades que fizeram parte de sua vida, como Roberto Carlos, Erasmo Carlos, Tony Tornado e Paulo Silvino, além de trechos das famosas pornochanchadas estreladas por ele.
 

Carlos Imperial participou de filmes como "A Viúva Virgem", "Mulheres, Mulheres" e "Um Edifício Chamado 200" e foi apresentador do "Programa Carlos Imperial", na TV Tupi. Ele produziu e atuou também em diversas peças de teatro, além de estar diretamente envolvido como produtor no lançamento da carreira de artistas importantes da música brasileira:Elis Regina, Tim Maia, Clara Nunes e Roberto Carlos.


 

Eu Sou Carlos Imperial (2015) (90')

[Homenagem a Carlos Imperial]

Horário: Madrugada de quinta (03/11) para sexta (04/11), à 0h30

Classificação: 18 anos

Direção: Renato Terra e Ricardo Calil

Sinopse: Produtor artístico e personalidade do show business brasileiro, Carlos Imperial era dono de um faro preciso para descobrir talentos. Ele lançou no cenário musical artistas como Roberto Carlos, Paulo Sérgio, Elis Regina, Tim Maia, Wilson Simonal, Clara Nunes, entre outros.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

NICKELODEON ESTREIA SPYDERS

Pode preparar a pipoca!

Influenciadora Stephanie Silveira posta fotos sensuais do seu dia a dia na Privacy