Basquete Transforma SC começa nesta segunda-feira, dia 4



Parceria da NSC com a Federação Catarinense de Basketball dá visibilidade ao esporte como agente de transformação social



Florianópolis, 4 de outubro de 2021

   A NSC, em parceria com a Federação Catarinense de Basketball, lança nesta segunda-feira (4), o projeto Basquete Transforma SC, que vai mostrar para o público do Estado as inúmeras potencialidades do esporte como agente de transformação social tendo o comunicador EdSoul como âncora. 


   Conteúdos sobre o tema estarão ancorados em todos os veículos da NSC em formatos e plataformas diversas. Na tevê, estão sendo produzidas matérias especiais para o Globo Esporte com conteúdos exclusivos para o GE online. Nas rádios, Atlântida e CBN trazem programetes especiais. Além disso, o projeto conta com eventos outdoor e seminários online.


   Apresentador de todo o projeto, EdSoul tem uma identificação especial com o basquete, esporte que pratica desde a adolescência. Ed cresceu no Maciço do Morro da Cruz, em Florianópolis, e conhece de perto a realidade das comunidades catarinenses, locais em que as escolinhas do esporte são constantes. A história de EdSoul e entrevista com Rossana da Silva, ex jogadora do Fucas/FME é tema do primeiro episódio da websérie que compõe o projeto.


   — Ações como esta incentivam crianças e adolescentes a despertarem para a prática de esportes. Além de ser um hábito saudável, o esporte estimula diretamente sentimentos como união, solidariedade e orgulho — explica EdSoul. 



Websérie no Globo Esporte


   Um dos formatos que integram o projeto é a websérie Basquete Transforma SC. O primeiro episódio irá ao ar no  dia 16, no canal especial no GE, e também será exibido pelo Globo Esporte, da NSC TV. Os conteúdos da websérie vão contar histórias emocionantes com os bastidores do esporte e da cultura do Basquete em Santa Catarina. 


   O primeiro episódio mostra a proximidade de EdSoul com o basquete, que  começou quando ainda era criança. Aos 10 anos, quando saía da escola Antonieta de Barros, na rua Victor Meirelles, ele corria com os amigos para a quadra de basquete. No caminho, passavam na feira, onde ganhavam sobra das frutas - alimento escasso em casa. Das caixinhas de fruta quebrada, faziam aros quadrados para poderem praticar o esporte. 

Já adulto, o esporte se manteve presente na vida do comunicador. Quando se tornou coordenador da Central Única das Favelas (CUFA), era responsável por organizar eventos da Liga Internacional de Basquete de Rua (LIIBRA). E Santa Catarina é destaque no basquete: o time feminino Fucas/FME é tricampeão brasileiro e a ex-jogadora Rossana da Silva fala sobre a experiência neste primeiro episódio.


   Na websérie, EdSoul reflete sobre a falta de oportunidades e a baixa condição financeira que o afastaram de praticar o esporte profissionalmente. 

—  Mas só o fato de estar perto da modalidade, já é algo que me deixa muito feliz. E o pouco que eu jogo também. Bem pouco — comenta EdSoul, rindo.  



Etapas do projeto


   O Basquete Transforma SC tem duração prevista de um ano, dividido em duas fases. A primeira delas será ancorada em reportagens, entrevistas e histórias em formato multimídia, que traduzem todo o potencial transformador do basquete. O objetivo é valorizar os adeptos da prática e, também, estimular a adesão de novos jogadores. 


   Na segunda fase, o projeto ganha vida fora das telas e contempla restauração de quadras públicas para a prática do esporte e a instalação de mini quadras em pontos estratégicos da cidade. A intenção é proporcionar a oportunidade de praticar basquete em diferentes cidades do Estado.. 


   Outro momento importante será a formação de uma academia para qualificar árbitros e profissionais desse universo propondo a profissionalização do esporte. 


   Além de ampliar a visibilidade para o basquete e celebrar histórias de quem conseguiu transformar a vida por meio do esporte, o Basquete Transforma SC tem a missão de estimular o interesse pelo esporte, dando oportunidades para que diferentes públicos passem a incorporar a prática na rotina. 


   O engajamento com os catarinenses ocorrerá por meio de conteúdos interativos e com a presença da torcida em jogos importantes, realizados pela Federação Catarinense de Basketball.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Fenômeno nas redes sociais, Maru Karv estreia como apresentadora no “Manda Nudes”

Lifetime Movies: A História de Chris Porco resgata caso de filho que matou o pai e desfigurou a mãe

SexPrivé apresenta ‘ménage à trois ao vivo’ em feira virtual de negócios do mercado adulto