TV CULTURA EXIBE MELHORES MOMENTOS COM JAZZ SINFÔNICA BRASIL




O ESPECIAL, QUE CONTA COM GRANDES NOMES DA MÚSICA COMO ED MOTTA, ERASMO CARLOS E ROBERTA SÁ, VAI AO AR NOS PRÓXIMOS DOMINGOS

O programa Jazz Sinfônica Brasil vai ao ar nos próximos dois domingos (20 e 27/12), com o especial Melhores Momentos. Parte das comemorações de 30 anos da orquestra, a produção, dividida em duas partes, reúne materiais inéditos do acervo da Jazz Sinfônica desde 2017. Rock, reggae, samba, jazz e grandes nomes da música, como Ed Motta, Stacey Kent, Mônica Salmaso, Ute Lemper, Erasmo Carlos e Roberta Sá, estão na atração que é apresentada por Chris Maksud e será exibida às 22h30, na TV Cultura.

primeira edição, no dia 20/12, tem Ed Motta com uma versão exclusiva de um de seus maiores sucessos, Fora da Lei, gravado no Auditório Ibirapuera, em 2019; Mônica Salmaso; a alemã Ute Lemper; e Stacey Kent, que interpreta Double Rainbow - versão para Chovendo na Roseira de Tom Jobim. O programa também dedica um bloco apenas para o jazz, com a apresentação da Big Band da Jazz Sinfônica, em 2017, na inauguração da estação Brooklyn do Metrô paulistano, além de um número do Trio Corrente que esteve no palco do Theatro Municipal de São Paulo com a Jazz em 2018. Para completar, duas apresentações que aconteceram neste mesmo ano, no Memorial da América Latina: Fantasia Sobre Temas dos Beatles, com arranjo de Luis Arruda Paes; e um momento de reggae com a banda Leões de Israel.

Para a segunda parte do Melhores Momentos, no ar em 27/12, o programa começa com Zanzibar de Edu Lobo em arranjo especial escrito por Nelson Ayres, que foi maestro e Diretor Artístico da orquestra. O programa também exibe Coqueiro Verde, música inédita do concerto que recebeu Erasmo Carlos e Roberta Sá na Sala São Paulo após a abertura das casas de espetáculo em 2020. Nos internacionais dessa edição, mais música por Ute Lemper, no Teatro de Vermelhos, em Ilhabela, e Stacey Kent, indicada ao Grammy em 2007, que canta Dreamer, versão para Vivo Sonhando de Tom Jobim.

Ainda no dia 27/12, o público confere mais canções inéditas de apresentações em 2018: Deixa a Menina, de Chico Buarque, no Auditório Claudio Santoro, em Campos do Jordão; Zuela de Oxum por Moacyr Luz, no palco do Memorial da América Latina; e Toninho Ferragutti, acordeonista e compositor no Theatro Municipal. Para finalizar, o programa volta a 2017, no Auditório do Ibirapuera, com Tropicália, de Caetano Veloso, e arranjo de Ruriá Duprat, atual Diretor Artístico da Jazz Sinfônica Brasil.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

RELACIONAMENTO EXPLOSIVO DE CHANTEL E PEDRO É TEMA DE SÉRIE INÉDITA NO TLC

TLC ESTREIA QUARTA TEMPORADA DE “OS BUSBYS + 5”

SÉRIE INÉDITA DO TLC ACOMPANHA CASAIS QUE COMEÇARAM SUAS HISTÓRIAS DE AMOR DENTRO DA CADEIA