Escrita por Janete Clair e exibida em 1975, Pecado Capital chega ao Globoplay

GLOBOPLAY


Um dos maiores sucessos da história da dramaturgia brasileira e da carreira de Janete Claire passa a integrar o catálogo do Globoplay como parte do projeto de resgate dos clássicos da dramaturgia a partir desta segunda-feira, dia 31: 'Pecado Capital". 
 
A trama original, exibida em 1975, é marcada pelo realismo, tem como pano de fundo o universo suburbano carioca e traz um triângulo amoroso formado pelos atores Francisco Cuoco (Carlão), Betty Faria (Lucinha) e Lima Duarte (Salviano). O elenco também conta com Milton Gonçalves, Rosamaria Murtinho, Marco Nanini, Elizangela, Ilva Niño, entre outros.
 
"Dinheiro na mão é vendaval / Na vida de um sonhador..." Na voz de Paulinho da Viola, os versos embalam a música de abertura da novela e anunciam a premissa da história. Carlão é um motorista de táxi e noivo de Lucinha. É mulherengo, porém dono de um bom coração e amado pelos vizinhos do Méier, bairro onde mora. Em um dia de trabalho, encontra uma mala cheia de dinheiro roubado que assaltantes em fuga esqueceram em seu carro. A partir disso, vive uma crise de consciência entre entregar à polícia, correndo o risco de ser acusado de cúmplice do roubo, ou usar o dinheiro para resolver seus problemas. 
 
Lucinha, sua noiva, trabalha na fábrica de confecções do industrial Salviano Lisboa. Escolhida para estrelar uma campanha publicitária, ela começa a fazer sucesso como modelo e, logo após, acaba se envolvendo com Salviano. Carlão não se dá conta de que não é o dinheiro que o separa de seu amor. E, para provar à ex-namorada que é capaz de competir com Salviano, ele compra uma frota de táxis e dá início a sua ascensão social.
 
Entrevista com Francisco Cuoco
 
Como você pode definir o Carlão? 
O Carlão está entre os melhores personagens da minha vida. Ele era um homem bom, simples, do povo, com seus valores e comportamento próprios onde prevaleciam o amor ao trabalho e o espírito de união. 
 
Há algo que você se identifica com o personagem? 
Acho que me identifico com o senso de justiça, com a trajetória e os sonhos buscados. Em um determinado momento da minha vida, cheguei a dirigir um caminhão indo trabalhar em uma feira livre com meu pai. Eu e o Carlão tínhamos uma ligação com o volante, por exemplo.
 
Uma geração vai poder assistir à novela pela primeira vez agora, pelo Globoplay. Como acha que as tramas e os dilemas serão vistos pelo público?
Espero que a novela seja apreciada pelo público. A Janete escrevia capítulos com boas indicações e o público se vê refletido nas tramas e personagens como um espelho. O dilema moral cria uma grande dúvida dentro do espírito de retidão do Carlão e conseguimos passar essa dúvida para o público. 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

NICKELODEON ESTREIA SPYDERS

Formula E

Pode preparar a pipoca!