Falando sobre a raiz da homofobia no futebol, ‘Nos Armários dos Vestiários’ debate o preconceito nas categorias de base

GE

O quarto episódio do podcast está no ar com uma reflexão aprofundada sobre a origem do machismo e homofobia no futebol nacional

Colocando o dedo na ferida e indo a fundo em um grave problema do futebol brasileiro, 'Nos Armários dos Vestiários' chega ao quarto episódio da investigação jornalística sobre o machismo e homofobia no futebol falando sobre as categorias de base. Em 'A base de tudo', disponível no ge, Globoplay e nas principais plataformas de áudio, Joanna de Assis e William de Lucca debatem sobre o preconceito na formação de jovens atletas, em uma reflexão profunda sobre um dos alicerces da estrutura de machismo do esporte mais popular do país.
 
Após emocionantes revelações ao longo dos primeiros capítulos, com histórias profundas de pessoas LGBTQIAP+, 'Nos Armários dos Vestiários' discute no quarto episódio como a homofobia e o machismo estrutural se desenvolvem em um ambiente de crianças e adolescentes em formação. Pressões, abusos e a falta de opção fazem com que a adaptação ao meio seja obrigatória, como explica Douglas Braga, ex-goleiro declaradamente homossexual com passagens por clubes como o Botafogo.
 
"É a regra básica mostrar testosterona para todo mundo. Isso é o que conta. É isso que dá pontos. Se você não é um cara que participa das mesmas coisas, a bola não chega em você dentro de campo. Ou você entra nesse jogo ou, literalmente, está fora. E não é fora só do tipo não gostamos de você e te deixamos isolado, não é. Há um boicote dentro de campo", recorda Douglas.
 
Este capítulo traz ainda a história de Nicole, uma mulher trans que aos 15 anos abdicou da carreira no futebol para se assumir, mesmo sabendo que seria o fim do sonho de jogar profissionalmente. 
 
"Eu disputava o Campeonato Mineiro, rompi o ligamento do joelho e fiquei nove meses sem jogar futebol. Nesse momento eu percebi que teria uma carreira triste, sem ser eu e resolvi me assumir, mesmo que custe meu sonho. E custou, realmente custou, mas eu não me arrependo de ter tomado essa decisão. Eu perdi o futebol, que era tudo que eu queria, minha vida estava voltada para o esporte. No momento que eu consegui, eu perdi, porque eu me assumi", emociona-se Nicole. 

'A base de tudo', quarto episódio do podcast 'Nos Armários dos Vestiários', já está disponível no ge, no Globoplay e nas principais plataformas de áudio. O podcast é a primeira parceria do ge com a Feel The Match, startup com foco em projetos audiovisuais e de podcasts no universo dos esportes, e tem direção geral do sócio fundador da empresa Bruno Maia. 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Influenciadora Stephanie Silveira posta fotos sensuais do seu dia a dia na Privacy

NICKELODEON ESTREIA SPYDERS

Pode preparar a pipoca!