Floresta adquire direitos de "Dona Beija"


Novela que marcou época no Brasil e foi exibida em 15 países contará com um time de peso para a adaptação do clássico em uma versão repaginada e ainda mais atenta aos temas atuais.


Devassa, voluptuosa, provocante, independente. Dona Beija foi uma das personalidades mais marcantes do Brasil no século XIX. Se hoje ela é símbolo de mulher independente e dona de si, à época, ela era sinônimo de imoralidade. E foi com essa potência que a história de Dona Beija inspirou a novela que marcou uma geração. Exibida nos anos 1980, o enredo era tão moderno para a época que muitos ainda não estavam preparados para ela.

Agora, com os direitos adquiridos pela produtora Floresta, a narrativa será revisitada com um olhar moderno e ousado, à altura da protagonista. À frente do desenvolvimento estão o autor português e vencedor do Emmy, António Barreira, e a roteirista Renata Jhin, que nessa adaptação assina a autoria da sua primeira novela.

Nessa versão, o clássico ganha a agilidade das narrativas modernas. A luxúria e luxuosidade ganharão mais cor e personalidade, seguindo altos padrões de produção. A história ganha uma tinta a mais nas discussões que escandalizaram a sociedade no século XIX e ainda são tão pertinentes para o século XXI, como empoderamento, questões raciais e classistas. Além disso, novos temas serão abordados para fazer jus a história e sua época, uma história que muitos já conhecem, mas que desta vez será contada de uma maneira inédita.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Fenômeno nas redes sociais, Maru Karv estreia como apresentadora no “Manda Nudes”

Lifetime Movies: A História de Chris Porco resgata caso de filho que matou o pai e desfigurou a mãe

SexPrivé apresenta ‘ménage à trois ao vivo’ em feira virtual de negócios do mercado adulto