ISMAEL IVO GANHA DOCUMENTÁRIO PRODUZIDO PELA TV CULTURA, COM DIREÇÃO DE ALBERTO PEREIRA JR.


Foto Divulgação






PELOS OLHOS DE UMA JOVEM, O DANÇARINO É REVELADO COMO ARTISTA, CIDADÃO POLÍTICO E HUMANO QUE INSPIRA A JUVENTUDE A ACREDITAR EM SEUS SONHOS

Um dos grandes nomes da cultura brasileira, que ganhou o mundo com sua arte, o dançarino e coreógrafo Ismael Ivo, falecido em abril deste ano em decorrência da Covid-19, aos 66 anos, é tema de um documentário inédito produzido pela TV Cultura, com direção de Alberto Pereira Jr.

Com estreia neste sábado (25/9), às 22h, o documentário Ismael Vivo revela quem era o humano atrás do artista, seu lado político, e como o poder transformador da arte pode inspirar pessoas. "Ismael Ivo é um ícone da dança mundial. Devido ao seu talento e trabalho incansável, se consagrou nos principais palcos internacionais. Negro e periférico, extrapolou as estatísticas sociais, mostrando o poder transformador da arte. Criou e apoiou inúmeras iniciativas de inclusão social a partir da arte. A história de Ismael serve de inspiração para muitos jovens, ela valida que é possível acreditar nos sonhos", diz o diretor Alberto Pereira Jr.

O filme é conduzido pelo olhar da jovem artista do Rio de Janeiro Merícia Cassiano, de apenas 23 anos, que ao longo da edição investiga e descobre a história de Ismael Ivo e se conecta com ele. Segundo Merícia, mergulhar na vida de Ismael Ivo como artista e pessoa foi uma experiência única. "Assim como disse um dos depoentes que conviveram com Ismael, conhecê-lo deu um passo a mais em minha coragem". A jovem artista ainda acrescenta: "Eu me identifiquei com a persistência dele, de se infiltrar em lugares e criar possibilidades onde não existia".


O documentário
A produção tem início com a notícia da morte do artista. A partir daí, o documentário passeia pelos locais onde Ismael atuou, como o Balé da Cidade de São Paulo e o Ballet Paraisópolis; conversa com colegas de profissão; apresenta os projetos de formação que o dançarino idealizou e participou; e entra na intimidade de sua família.

Com duração de 50 minutos, o filme busca trazer a presença de Ismael para além das imagens de arquivo: é a partir de sua voz, em locução, que se conta fatos e histórias de sua vida, uma câmera subjetiva passeia pelos espaços em que transitou e projeções holográficas o revelam em muitos momentos da edição. Ismael Vivo conta com mais de 30 depoimentos, entre eles nomes como a bailarina Ingrid Silva (Dance Theater of Harlem); Karl Regensburger (ImPulsTanz), Meinrad Huber, Francesca Harper, Jarbas Homem de Mello, Bethania Gomes, Ricardo Ohtake, Eliane Dias, Gloria Maria, Paulo Betti, José Adão (Movimento Negro Unificado), Danilo Santos de Miranda, Adriana Couto e João Marcello Bôscoli.

A atração conta com imagens de várias fases da carreira de Ismael Ivoregistros raros do acervo da TV Cultura dos anos 1980 e 1990, e bastidores da preparação do filme Objetos Perdidos, de Luiz Fernando Carvalho, em pré-produção, do qual o artista fazia parte do elenco.

Após conhecer a história do coreógrafo, o documentário caminha para o final, quando a jovem Merícia se inspira e se consolida como artista, iniciando sua jornada no mundo da arte.


Foto Laize Câmara
O diretor

Alberto Pereira Jr. é diretor e roteirista de TV, artista social e jornalista. Atua no mercado audiovisual há sete anos, com passagens pelas produtoras Academia de Filmes, Conspiração Filmes, FremantleMedia Brasil e Elocompany. Atualmente, dirige, roteiriza e apresenta o "Trace Trends", show de variedade da Trace Brasil, com exibição no Globoplay e Multishow. Trabalhou por seis anos no Grupo Folha. Paulistano da zona leste da cidade, é fundador do bloco de carnaval Domingo Ela Não Vai.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Fenômeno nas redes sociais, Maru Karv estreia como apresentadora no “Manda Nudes”

Lifetime Movies: A História de Chris Porco resgata caso de filho que matou o pai e desfigurou a mãe

SexPrivé apresenta ‘ménage à trois ao vivo’ em feira virtual de negócios do mercado adulto