‘Mistura Paulista’ apresenta a Sala da Raiva, em Cidade Tiradentes, e o Castelinho, no Perus, no sábado

TV Globo

Espaço feito para quem quer desestressar e construção que lembra uma obra de Gaudí estão entre os destaques do segundo episódio

Imagine um lugar onde você possa colocar para fora todo estresse do cotidiano dando algumas marretadas? Ele existe, se chama Sala da Raiva, fica no bairro Cidade Tiradentes, na Zona Leste da capital paulista e faz sucesso entre os frequentadores. Essas e outras atividades inusitadas serão apresentadas ao público no segundo episódio do 'Mistura Paulista', que a TV Globo exibe na tarde deste sábado, dia 28 de maio, para São Paulo. Apresentado por Denise Thomaz Bastos e Luiza Vaz, o programa também percorre o Perus, bairro localizado no extremo Noroeste do município, que ostenta um castelo que dizem ser mal-assombrado.

"A segunda temporada do Mistura Paulista chega numa cidade em uma fase mais branda da pandemia, com boa parte da população vacinada e com vontade de viver. Sem máscaras, com sorrisos escancarados e matando a saudade de um afeto próximo, com abraços. As histórias que a gente conta pretendem despertar emoções, curiosidade e inspirar as pessoas de qualquer região da cidade", sintetiza Luiza.

Morador de Cidade Tiradentes, o artista Pato Roco reproduziu o bairro em formato de maquete, com destaque para o campo de futebol do MEC, local que Roco tem no coração. "O espaço foi criado em 1997 por 11 maranhenses e hoje tem uma associação que faz um trabalho social dentro da comunidade", diz o artista à repórter Denise Thomaz Bastos. Ainda em Cidade Tiradentes, o 'Mistura Paulista' mostra uma loja de pipas que personaliza o desenho do objeto por meio de cortes e colagem e conta a história de Rúbia, fundadora de um espaço colaborativo que vem ajudando os comerciantes locais a se recuperarem após a crise causada pela pandemia da Covid-19.

Já no Perus, quem dita a moda da quebrada é o pessoal do Casa Preta Perus. Formado em designer e pós-graduado em Cidade, Planejamento Urbano e Participação Popular, Will teve a ideia de unir a resistência negra com o conceito de economia criativa. "Trabalhar a moda como um processo de autoestima e resistência dos nossos", adianta Will. É na praça Julio Maciel que Perus se encontra. E é lá que Luiza Vaz conversa com quem adora bater um papo e curtir um som da quebrada paulista.

Relaxe na "Sala da Raiva" em Cidade Tiradentes

Mesmo com frio na barriga, Denise não deixou de aproveitar a "Rage Room" ou "Sala da Raiva", em Cidade Tiradentes. Este é o lugar onde as pessoas podem destruir garrafas e outros objetos já sem serventia para aliviar o estresse. E mais: além de ajudar no relaxamento, o estabelecimento também dá uma mãozinha para a economia local e para o meio ambiente. "É primeira Rage Room do Brasil. É engraçado pensar que é possível quebrar coisas para desestressar", comenta Denise Thomaz Bastos, diante de Vanderlei, criador do espaço, que explica ainda as suas funções sociais: "A Rage Room é baseada em três pilares: primeiro, se divertir e aliviar o estresse. O segundo pilar é a parte da economia criativa. A gente tem uma parceria com o ferro-velho da região e também com dois catadores até o momento. A gente faz essa troca. O terceiro pilar é do meio ambiente. Fazemos um trabalho com quatro bares da região, para o descarte das garrafas", explica o criador.

Castelinho do Perus

Há quem não entraria de jeito nenhum no Castelinho do Perus, um dos pontos mais famosos do bairro da Região Noroeste paulista, ao achar que lá existem fantasmas e assombrações. Mas também tem gente que até moraria nele. Construído pelo espanhol José Rufino, que chegou a São Paulo aos 20 anos, o local parece uma obra de arte de Gaudí. Desperta a curiosidade e imaginação de moradores e transeuntes, mas também a admiração de Andrews, bisneto do espanhol, que sonha em, futuramente, restaurar o espaço, que abriga um conjunto com seis casas.

"Meu bisavô veio da Espanha na época da guerra e passou a vida dele inteira aqui em São Paulo. Faleceu com 90 anos por causa de uma pneumonia, que foi muito forte. Se repararem, têm partes daqui de cima que não estão completas. Ele não conseguiu terminar em vida", revelou o rapaz.

O segundo episódio do 'Mistura Paulista' vai ao ar neste sábado, dia 28, após o 'Jornal Hoje' apenas para São Paulo.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

NICKELODEON ESTREIA SPYDERS

Formula E

Pode preparar a pipoca!