APOIADO NO SUCESSO DO METRÔTOON, METRÔ DE SP SUGERE UMA CIDADE MAIS GENTIL NO ANIVERSÁRIO DA CAPITAL PAULISTA



Em ação criada pela agência ADAG Comunicação, personagens em cartum estão no centro da iniciativa deflagrada nas estações, plataformas e vagões do Metrô
 

Metrô de São Paulo lança ação especial dos Metrôtoons em homenagem aos 469 anos da Cidade de São Paulo, celebrados nesta quarta-feira, 25

 

Clique aqui para obter essa e outras imagens, além das vinhetas veiculadas dentro dos trens e estações do Metrô de São Paulo

 

Janeiro de 2023 -- No aniversário de 469 anos da capital paulista, o Metrô de São Paulo presenteia a cidade de forma sutil: mais gentileza entre seus habitantes. Com criação assinada pela agência ADAG Comunicação, de forma gradual esse tema complexo e importante tem tomado conta do ecossistema do Metrô com muita aceitação pelos paulistanos. Em animações e ilustrações batizadas de Metrôtoon, uma série especial e exclusiva de cartuns comportamentais são retratados com consciência e humor para os mais de 3,5 milhões de passageiros que utilizam o sistema metroviário todos os dias.

 

E no dia 25 de janeiro não será diferente: o Metrô de São Paulo desenvolveu uma ação especial que começará a ser deflagrada no interior das estações e vagões, sugerindo uma cidade melhor e mais humana a todos os moradores da cidade. O Metrôtoon -- a família de cartum do Metrô de São Paulo que há cerca de dois anos tem sugerido, com nove filmes, mais gentileza aos usuários dentro dos acessos, estações, plataformas e vagões do metrô, agora vai mais além e sugere, no décimo filme da campanha, uma cidade mais gentil para seus habitantes, como uma extensão do Projeto Gentileza, que tem sido implementado na comunicação com os usuários desse modal de transporte público.

 

Assinados pelo cineasta e design de animação Céu D´Ellia, os 39 personagens do Metrôtoon surgiram em dezembro de 2019 com a ideia de representar a diversidade de pessoas em São Paulo. E, em uma comunicação menos impositiva, os personagens em cartuns têm funcionado, desde então, como interlocutores junto à população, reinterpretando situações reais do cotidiano do Metrô.

 

Há ilustrações e animações indicando como crianças pequenas devem estar de mãos dadas com os responsáveis; recados gentis para que os passageiros deixem o assento preferencial para as pessoas que têm prioridade; avisos para que a população entre nos trens pelas laterais das portas, deixando o centro livre para desembarque; entre tantas outras mensagens, em dez filmes de animação já produzidos. Todos sempre com leveza, difundindo orientação, informações úteis e necessárias para o melhor convívio social e a eficiência desta mobilidade de transporte urbano.

 

"A inteligência desse projeto veio incorporada no briefing, onde a linguagem lúdica já estava demandada. Esse novo formato de comunicação educativa entre o modal e a população paulistana é muito valioso, pois preserva o conteúdo técnico comportamental, voltado primordialmente para a segurança de todos dentro do sistema. Também é criativo e eficiente: o Metrôtoon conseguiu capturar a atenção e gerar simpatia junto aos passageiros. Eles querem mais! Por fim e, talvez, o mais importante: os Metrôtoon funcionam como uma espécie de espelho no qual nos enxergamos (mesmo que de forma caricatural), rimos de nós mesmos e, com isso, recebemos a crítica comportamental de forma menos defensiva", completa Luiz Celso Piratininga Jr., sócio e CEO da ADAG Comunicação, agência responsável pela criação do Metrôtoon.

 

Como Surgiu a Ação

 

O Metrô de São Paulo é um exemplo global de operação bem-sucedida e funcionalidade metroviária. Entre os maiores do mundo em número de passageiros transportados diariamente (por volta de 3,5 milhões/dia, já no período pós-pandemia), essa megaoperação demanda regras claras de convivência, procedimentos orientados e supervisionados 'full time', visando a garantir aos usuários rapidez, segurança e acolhimento, em ambientes limpos.

 

Por conta desse alto padrão nos serviços, o Metrô de São Paulo tem sido eleito há seis anos pela população da cidade, consecutivamente, o meio de transporte mais admirado de São Paulo (Datafolha). Bem como, já há dois anos, é eleito o melhor serviço público da cidade, entre todos (Datafolha).

 

Apesar dessa relevância, a comunicação do Metrô com seus passageiros, segundo pesquisas de satisfação promovidas internamente pela empresa, vinha sendo percebida como formal, distante e baseada na 'cultura do não' ("não corra", "não ultrapasse a linha amarela", "não use a mochila nas costas" etc). Todo esse regramento e a forma como era projetado acabaram por desgastar a imagem do Metrô perante o seu público, que, então, decidiu mudar o jogo em seu relacionamento com os usuários.

 

O pontapé inicial foi dado há dois anos, com a implantação do projeto Mais Gentileza, que além de abolir a "cultura do não", promoveu a implantação de regras inovadoras para o embarque e desembarque dos trens. Também foi criada uma nova identidade sonora para a comunicação do Metrô de São Paulo com os passageiros, baseada na obra "O Trenzinho do Caipira", do lendário compositor brasileiro Heitor Villa-Lobos. O Metrôtoon veio em seguida e, agora, começa a ser utilizado para levar para além dos espaços internos nos trens e estações a ideia de que uma cidade mais gentil é melhor para todas as pessoas.

 

Em pesquisa realizada pelo Metrô em junho de 2022, o projeto Mais Gentileza obteve mais de 96% de aceitação entre os passageiros entrevistados. Segundo a pesquisa, 32% dos entrevistados consideram a família de cartum do Metrô de São Paulo simpática e amigável; 31% consideram que o conteúdo chama a atenção e 33% consideram as mensagens de fácil assimilação. Foram abordados 35 temas comportamentais importantes para o bom convívio, distribuídos em vídeos, cartazes e intervenções pontuais nas redes sociais.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Influenciadora Stephanie Silveira posta fotos sensuais do seu dia a dia na Privacy

Pode preparar a pipoca!

NICKELODEON ESTREIA SPYDERS