TEMPORADA 2021 DO #PROVOCA ESTREIA NESTA TERÇA-FEIRA (2/3) COM VISUAL REPAGINADO

Foto: Nathalie Bohm


COMANDADO POR MARCELO TAS, PROGRAMA VOLTA À GRADE DA TV CULTURA COM MAIS TEMPO DE EXIBIÇÃO, TENDO MARISA ORTH COMO PRIMEIRA ENTREVISTADA

TV Cultura estreia nesta terça-feira (2/3) a temporada 2021 do #Provoca, apresentado por Marcelo Tas. Com nova abertura, vinhetas e visual repaginado, o programa abre seu terceiro ano com chave de ouro, entrevistando a atriz Marisa Orth - que aborda assuntos como assédio, inseguranças com o corpo, BBB, poder da psicanálise em sua vida, entre outros. A atração vai ao ar às 22h, com mais tempo de exibição, na TV Cultura, site oficial da emissora, redes sociais e YouTube.

Sobre a nova fase, Marcelo Tas afirma: "2020 foi um ano desafiador, mas vitorioso para o #Provoca. Conseguimos manter os programas inéditos, mesmo diante de condições muito frágeis, com programas remotos. Em 2021, a meta é ter o máximo de convidados presenciais, dentro de todas as condições de segurança necessárias. Começamos bem, conseguindo isso na largada. Fico feliz que o programa continua a se renovar, principalmente para cumprir sua missão essencial, que nunca foi tão necessária: provocar a dúvida".

Primeira entrevista internacional

Além de Marisa Orth, entre os convidados já confirmados para a temporada 2021, estão nomes de peso como Luíza Brunet e Monja Coen. Em sua terceira temporada, o programa também traz, pela primeira vez, uma entrevista internacional. Marcelo Tas conversa com o finlandês Mikko Hyppönen, um dos principais especialistas em segurança de computadores da atualidade.

Novo quadro

#Provoca também traz um novo quadro para agitar ainda mais a dinâmica das conversas. Agora, Marcelo Tas quer saber sobre os favoritos dos entrevistados. Ele analisa os smartphones dos convidados para descobrir quais tipos de conteúdo (podcasts, canais do YouTube etc.) estão sendo mais consumidos e quais páginas estão sendo mais acessadas. Não vão faltar dicas culturais de músicas, livros, filmes e séries.

Identidade visual repaginada

Para o diretor de arte da TV Cultura, Henrique Bacana, o material promocional da nova temporada ganhou mais cor, mas manteve a abordagem bem-humorada de sempre, com uma paleta vibrante e referências a imagens icônicas do século XX. "No estilo do Saul Bass, brincamos de 'Pantera Cor-de-Rosa' provocando o apresentador em situações especiais remetendo a Beatles e Tarsila do Amaral", explica.

Em 2020, vinhetas divertidas repensavam a imagem do apresentador, colocando Tas caracterizado como Carmen Miranda ou estampando embalagens clássicas de produtos conhecidos dos brasileiros. "Brinco com a minha equipe que o Tas é como o nosso Mickey; a gente se apropria da personalidade dele, do humor dele, do formato e do contexto do programa dele. Isso abre um leque gigante de possibilidades", diz Bacana.

De acordo com o diretor, as brincadeiras também funcionam como uma espécie de "revanche": o provocador vira o provocado. "Já que ele provoca todo mundo no programa, no break a gente provoca o apresentador", completa.

Realização: Fundação Padre Anchieta, Secretaria Especial da Cultura, Ministério do Turismo e Governo Federal - Lei de Incentivo à Cultura

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Fenômeno nas redes sociais, Maru Karv estreia como apresentadora no “Manda Nudes”

SÉRIE INÉDITA DO TLC ACOMPANHA CASAIS QUE COMEÇARAM SUAS HISTÓRIAS DE AMOR DENTRO DA CADEIA

RELACIONAMENTO EXPLOSIVO DE CHANTEL E PEDRO É TEMA DE SÉRIE INÉDITA NO TLC