“AMOR, SUBLIME AMOR”: VERSÃO DE 1961 x LONGA DIRIGIDO POR SPIELBERG

Texto    Descrição gerada automaticamente

 

Confira galeria de fotos comparando os principais momentos e personagens do filme original com a nova versão em cartaz nos cinemas

 

Estreou nos cinemas, em 09 de dezembro, o filme Amor, Sublime Amor, dirigido por Steven Spielberg, nova versão do clássico do cinema e da Broadway. Na história, que se passa na Nova York de 1957, duas gangues rivais tentam controlar o bairro de Upper West Side: os Jets, formados por estadunidenses brancos, e os Sharks, grupo porto-riquenhos e descendentes. No meio disso, está o amor proibido entre Tony (Ansel Elgort), ex-líder dos Jets, e María (Rachel Zagler), irmã do líder dos Sharks.

 

Criado por quatro indiscutíveis gênios – o diretor e coreógrafo Jerome Robbins, o compositor Leonard Bernstein, o letrista Stephen Sondheim e o dramaturgo Arthur Laurents –, o espetáculo estreou na Broadway em 26 de setembro de 1957, no Winter Garden Theater, e teve 732 apresentações.

 

Já o filme original de Robert Wise e Jerome Robbins, de 1961, foi um sucesso monumental. Ele venceu em dez categorias do Oscar®, incluindo a de Melhor Direção para Robbins e Wise, Melhor Atuação para Rita Moreno e George Chakiris, além de outras categorias como Fotografia, Edição, entre outras.

 

Confira, abaixo, uma galeria de foto comparando os principais personagens de trama nos filmes de 1961 e de 2021.

 

Uma imagem contendo pessoa, edifício, ao ar livre, homem    Descrição gerada automaticamente

Cena clássica do casal protagonista de Amor, Sublime Amor

 

Mulher com vestido de noiva    Descrição gerada automaticamente com confiança baixa

Natalie Wood (1961) e Rachel Zegler (2021) como María

 

Richard Beymer, Ansel Elgort, West Side Story, Then & Now

Richard Beymer (1961) e Ansel Elgort (2021) como Tony

 

Homem falando no microfone    Descrição gerada automaticamente com confiança média

George Chakiris (1961) e David Alvarez (2021) como Bernardo

 

Menina de vestido rosa    Descrição gerada automaticamente

Rita Moreno (1961) e Ariana DeBose (2021) como Anita

 

Pessoas olhando para a câmera    Descrição gerada automaticamente

Russ Tumblyn (1961) e Mike Faist (2021) como Riff

 

Homem olhando para o lado    Descrição gerada automaticamente

Ned Glass (1961) como Doc e Rita Moreno (2021) como Valentina. Valentina é uma recriação de Spielberg e do roteirista Tony Kushner de um dos personagens do filme de 1961: o bondoso farmacêutico Doc, que foi transformado em sua viúva.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

NICKELODEON ESTREIA SPYDERS

Formula E

GloboNews promove Festival #ConverseComOutrasIdeias