Globo e CBV renovam contrato para transmissão do vôlei brasileiro no sportv até 2024

GLOBO

Além da Superliga, que tem mais de 150 partidas exibidas por temporada, parceria amplia transmissões de jogos da Superliga B, Copa Brasil e Supercopa

Uma parceria de quase três décadas. Quando a Superliga começou a ser disputada, na temporada 1994/95, o sportv caminhava para o seu aniversário de três anos. Desde então, nunca mais se separaram. Nesta quarta-feira, dia 22, a Globo e a Confederação Brasileira de Vôlei (CBV) renovaram o contrato para transmissão nos canais Globo de competições do vôlei brasileiro, como as Superligas A e B, Copa Brasil, Supercopa, amistosos de seleção, e as etapas do Circuito Brasileiro de vôlei de praia. Válido até 2024, o acordo consolida o sportv como a casa do vôlei na televisão brasileira. 
 
"Temos uma parceria de longa data com a CBV que, acreditamos, ajudou a construir a paixão do brasileiro pelo vôlei. Estamos muito felizes em continuarmos a ser a casa do vôlei, uma modalidade que é tão vitoriosa para o esporte brasileiro", afirma Marcos Botelho, head do sportv. Só nesta temporada 2021/22, o sportv irá transmitir mais de 150 jogos da Superliga, entre homens e mulheres, incluindo os playoffs. Número robusto, mas que irá aumentar a partir de agora.
 
Com o novo acordo, o sportv transmitirá também os confrontos a partir das semifinais da Superliga B; das quartas de finais da Copa Brasil – que reúne os oito melhores times do primeiro turno da Superliga –; e da Supercopa, duelo entre os campeões da Superliga e da Copa Brasil. "Estamos muito satisfeitos com esse novo acordo com a Globo, parceira de longa data do vôlei brasileiro. Os fãs terão ainda mais jogos ao vivo no sportv", avisa Radamés Lattari, vice-presidente da CBV.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Fenômeno nas redes sociais, Maru Karv estreia como apresentadora no “Manda Nudes”

Pode preparar a pipoca!

Formula E