TVs Ceará e Ponta Negra exibem série sobre vida e obra de Padre Cícero

 


 

Adaptada pelas mãos dos roteiristas Daniel Arcades, Gustavo Erick, Brisa Benjamin e Márcia Moreira e baseada na vida e obra do Padre Cícero Romão Batista, a série "Cícero" é a atração das tardes de sábado das TVs Ceará e Ponta Negra.
 

São dez episódios de 45 minutos que apresentam momentos importantes da história do Padre que morreu sem conciliação com a igreja católica após o caso conhecido como "milagre da hóstia", no final do século XX, e mistura ficção e documentário, utilizando animações especialmente criadas para dar vida a personagens e cenários que compõe com o ator Antônio Fabio, interprete de Cícero, a narrativa que destaca uma época.
 

"Para o povo do nordeste não importa se Cícero não foi beatificado e canonizado pelo Vaticano, Cícero é o Santo dos nordestinos. E eu e meus colegas de trabalho pudemos validar isso através de cada história captada, de cada lágrima derramada por um fiel, de cada sorriso de alegria por estar ali na terra de Cícero, de cada passo em pé ou de joelhos em direção a estátua em homenagem ao padre, de cada pedra carregada na cabeça, de cada vela acesa e firmada em nome dele ou de uma graça alcançada... Foram tantas as demonstrações de fé que não tem como não achar que ele é realmente um Santo.", explica Athos Muniz, um dos diretores da série.
 

Cícero é uma coprodução da Têm Dendê Produções com a Origem Produtora de Conteúdo e tem concepção de arte assinada por Ducca Rios, direção geral de Vânia Lima, direção de episódios Pola Ribeiro e Athos Muniz, produção de Bruno Ramos e Priscila Ladeia e é desenvolvida com recursos do Fundo Setorial do Audiovisual da Ancine.
 

"Minha maior motivação com essa série é que temos um personagem muito atual, não apenas histórico. Cícero é uma figura muito contemporânea, que está no teatro, que está na Sapucaí. Político, foi à guerra, negociou com lampião, tentou resolver a vida das pessoas, fundou uma cidade que hoje é a mais rica da região do Cariri e cumpre uma profecia feita por ele", destaca Pola Ribeiro.
 

Depoimentos dos romeiros que mantêm viva a memória do sacerdote, além dos professores Eduardo Hoornaert, Sávio Cordeiro, Paula Cordeiro e Fátima Pinho, e dos pesquisadores da trajetória de Cícero, como Renato Casimiro e Edianne dos Santos Nobre ajudam a contar essa história.
 

Com diversos trabalhos no currículo como Treze Dias Longe do Sol, Onde Nascem os Fortes, O Canto da Sereia e Amores Roubados, coube ao ator baiano Antonio Fábio a missão de viver o Padre Cícero na série. Segundo ele, o principal desafio neste papel foi à caracterização física da personagem que faz parte do imaginário humano. "Não tive acesso a referências no audiovisual. Tornar-me parecido com Cícero foi desafiador", comenta.
 

O desafio parece ter sido cumprido à risca já que chegou a ser confundido com a figura do Padre. "Durante as gravações as pessoas queriam tirar fotos comigo e diziam que eu parecia com o Padre Cícero", revela.
 

O resultado desse trabalho pode ser conferido pelo público do Ceará desde o dia 23 de abril, às 14h, na TV Ceará. No Rio Grande do Norte a série está em exibição desde o dia 2 de abril ás 12h30, na TV Ponta Negra

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

NICKELODEON ESTREIA SPYDERS

Formula E

Pode preparar a pipoca!