Doc-reality ‘Deu Positivo’, com pessoas que vivem com HIV, estreia no Globoplay

GLOBOPLAY


A partir desta quarta-feira, dia 18, o Globoplay disponibiliza o doc-reality 'Deu positivo', protagonizado por pessoas que vivem com HIV. Ao longo de três episódios, os personagens mostram suas histórias de vida e contam como lidam com estigmas e preconceitos que, até os dias atuais, rondam a causa. Estima-se que, ao final de 2019, havia aproximadamente 920 mil pessoas vivendo com HIV no Brasil, segundo dados do Ministério da Saúde.

O primeiro episódio apresenta a trajetória de Victor Bebiano, um multiartista de 23 anos que, recentemente, tornou público que vive com HIV. Victor namora há dois anos com o cenógrafo e aderecista Guilherme Custódio, formando um casal sorodiscordante. O segundo episódio conta a história de André Araújo, um jovem potiguar de 32 anos que chegou a São Paulo para expandir os horizontes no mesmo momento que recebe o diagnóstico de que vive com HIV. Sua jornada de engajamento na militância artística contra sorofobia é acompanhada pelo projeto. Já a jovem Victória Petrinni, de 26 anos, conhece um projeto de acolhimento e conta sua história de relação sorodiferente com a namorada Gabi.

No terceiro episódio, é possível conhecer Emer Conatus, um educador cultural de 26 anos que vive com HIV e atua em diversas ações para informar e educar. O tema principal é a importância das redes de afeto para propagar informação e superar o preconceito contra o HIV. O doc-reality é idealizado pela Vbrand e coproduzido com a Cine Group.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Fenômeno nas redes sociais, Maru Karv estreia como apresentadora no “Manda Nudes”

Lifetime Movies: A História de Chris Porco resgata caso de filho que matou o pai e desfigurou a mãe

SexPrivé apresenta ‘ménage à trois ao vivo’ em feira virtual de negócios do mercado adulto