No Dia do Documentário Brasileiro, Telecine mergulha no gênero com produções de Eduardo Coutinho, Theresa Jessouroun, José Padilha e Marcos Prado


No Dia Nacional do Documentário Brasileiro, celebrado em 7 de agosto, o Telecine homenageia o gênero que se tornou uma das principais ferramentas de expressão e representação social, política e cultural no país. São 17 produções assinadas por Theresa Jessouroun, Marcos Prado, José Padilha, Jorge Furtado, Kléber Mendonça Filho e Eduardo Coutinho, considerado o maior documentarista do Brasil, entre outros. Cabra Marcado Para Morrer , sobre o líder político João Pedro Teixeira que lutava pelos direitos dos camponeses paraibanos, e Edifício Master , marco da Retomada do Cinema Brasileiro, estão entre as obras disponíveis de Coutinho.

O cineasta José Padilha dirigiu Segredos Da Tribo , que aborda os primeiros estudos antropológicos realizados nos anos 60 com os índios ianomâmis, Ônibus 174 , sobre o sequestro de um ônibus da linha 174, no Rio de Janeiro, e Garapa , indicado ao prêmio de Melhor Documentário no Festival Internacional de Cinema de Berlim de 2009. Ilha Das Flores de Jorge Furtado, que acompanha de maneira didática o ciclo de vida de um tomate desde sua plantação até o seu descarte no lixão da Ilha das Flores, também concorreu no Festival de Berlim e venceu o Urso de Prata de Melhor Curta-Metragem.

Marcos Prado, que trabalhou com Padilha em Ônibus 174 e inspirou Nigel Noble na produção de Os Carvoeiros com seu livro homônimo, está à frente de Estamira , que retrata a história de Dona Estamira Gomes de Sousa, uma catadora de lixo de 63 anos que sofre de distúrbios mentais, e Estamira Para Todos E Para Ninguém , que traz imagens inéditas resgatadas do documentário anterior, lançado em 2006.

Os destaques ficam também com O Corpo É Nosso , que mistura documentário e ficção para discutir as injustiças sociais sofridas pelas mulheres, e À Queima Roupa , sobre a violência e a corrupção policial praticadas no Rio de Janeiro nos últimos 20 anos, ambos da carioca Theresa Jessouroun. Além de Bacurau no Mapa , um mergulho nas gravações e pré-produção de Bacurau de Kléber Mendonça Filho e Juliano Dornelles; e Lixo Extraordinário , indicado ao Oscar de Melhor Documentário e que mostra o trabalho do artista plástico Vik Muniz com catadores de material reciclável no Jardim Gramacho, no Rio de Janeiro, o maior lixão da América Latina.

Hub de cinema mais completo do país, o Telecine oferece os primeiros 30 dias de acesso ao aplicativo de filmes grátis para novos usuários.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Fenômeno nas redes sociais, Maru Karv estreia como apresentadora no “Manda Nudes”

Lifetime Movies: A História de Chris Porco resgata caso de filho que matou o pai e desfigurou a mãe

SexPrivé apresenta ‘ménage à trois ao vivo’ em feira virtual de negócios do mercado adulto