Último episódio inédito de "O Enigma da Energia Escura", do GNT, fala sobre saberes ancestrais e povos originários




No episódio final de "O Enigma da Energia Escura", do GNT, o público pode conferir uma reflexão sobre como a sociedade ocidental faz avanços territoriais, mas é incapaz de criar soluções sustentáveis para salvar a própria espécie. Apresentado por Emicida, a série busca contrapontos e soluções em outras inteligências, como nos saberes ancestrais e nos povos originários, que sofrem com as tentativas de apagamento da memória. Participam dessa discussão a arquiteta e urbanista Gabriela Matos, a Ialorixá Iyá Eleonora, a artesã Potyra e o professor de Língua e Cultura Tupi-Guarani Urutau Guajajara. Desenvolvida por Emicida e Evandro Fióti e produzida por Fióti por meio da Laboratório Fantasma, a série documental é exibida às quartas, às 23h30, e também estará disponível no Globoplay.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Fenômeno nas redes sociais, Maru Karv estreia como apresentadora no “Manda Nudes”

Lifetime Movies: A História de Chris Porco resgata caso de filho que matou o pai e desfigurou a mãe

SexPrivé apresenta ‘ménage à trois ao vivo’ em feira virtual de negócios do mercado adulto