REDEVIDA e Fundação Maria Cecilia Souto Vidigal levam temáticas do desenvolvimento infantil à TV aberta


Parceria veiculará pílulas do filme "O Começo da Vida" e do Nenê do Zap, produções focadas em primeira infância, nos canais REDEVIDA Educação

Com o intuito de fomentar o cuidado na primeira infância para toda a sociedade, a Fundação Maria Cecilia Souto Vidigal, ao longo dos anos, desenvolveu e apoiou projetos como o Nenê do Zap e o filme O Começo da Vida. Agora, por meio de uma parceria com a REDEVIDA de Televisão, essas produções chegam à TV aberta a partir do dia 01 de março.

Emissora aberta e de alcance nacional, a REDEVIDA transmitirá os conteúdos em seus canais adicionais, REDEVIDA Educação 1 e 2, disponíveis em todo o Brasil. O intuito é disseminar e fortalecer a importância da primeira infância - período que vai do 0 aos 6 de idade - na vida das pessoas.

Lançado em 2020, o Nenê do Zap vai aparecer no intervalo da programação para inspirar os adultos a participarem bem de perto do desenvolvimento das crianças. Com curadoria da Fundação e apoio da UNESCO, o personagem apresenta, de maneira didática e divertida, informações e dicas para auxiliar no dia a dia com bebês e crianças pequenas e instrumentalizar diversos agentes que atuam com a primeira infância. Com a parceria, tanto a Fundação como a REDEVIDA almejam expandir o público que tem acesso aos conteúdos do Nenê do Zap.

"Uma das linhas de atuação da Fundação é sensibilização da sociedade para a temática da primeira infância e isso tem tudo a ver com o Nenê do Zap, que nasceu em 2020 para incentivar a conversa e a interação dos adultos responsáveis com as crianças", esclarece Paula Perim, diretora de comunicação da Fundação Maria Cecilia Souto Vidigal.

Já "O Começo da Vida" percorre os quatro cantos do mundo para mostrar a importância dos primeiros anos de vida na formação de cada pessoa. Com direção de Estela Renner ("Muito Além do Peso", "Criança, a Alma do Negócio"), a atração mostra como os relacionamentos, nesta fase, são fundamentais para cada ser humano se desenvolver.

Produzido pela Maria Farinha Filmes ("Muito Além do Peso", "Tarja Branca", "Território do Brincar", "Criança, a Alma do Negócio"), e apresentado pelas ONGs Fundação Maria Cecília Souto Vidigal, Bernard Van Leer Foundation, Instituto Alana e UNICEF, o documentário foi filmado no Brasil, China, França, Itália, Argentina, Estados Unidos, Quênia, Índia e Canadá.

Na REDEVIDA Educação, o produto será exibido em dez pílulas, e abordará temas como: A Importância das Interações; Cuidado Paterno; Aprendizado; Avós; Depressão Pós-Parto; Criança e Natureza; Gravidez na Adolescência; Bebês São Cientistas; Brincar; Criança e Tecnologia.

"Essa parceria é muito feliz e oportuna porque turbina a atuação da Fundação e contribui para levarmos informação de qualidade para as crianças e cuidadores, em uma emissora nacional e gratuita - é um jogo de ganha-ganha", comemora Perim.

Como assistir

As cidades que já têm o canal aberto digital da REDEVIDA contam com a REDEVIDA Educação através da multiprogramação gratuitamente. O acesso às programações dos canais adicionais é feito manualmente pelo seu controle remoto.

Se o modelo da TV for antigo, basta conectá-lo a um conversor digital. É preciso, também, uma antena UHF. A seguir, com o controle remoto, selecione no menu a opção "buscar canais" ou "atualizar canais".

Com o sinal digital garantido, basta digitar no controle remoto o número do canal da REDEVIDA digital na sua cidade seguido de .2 ou .3. Para descobrir qual o canal da REDEVIDA na sua cidade, acesse esse link .

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Fenômeno nas redes sociais, Maru Karv estreia como apresentadora no “Manda Nudes”

RELACIONAMENTO EXPLOSIVO DE CHANTEL E PEDRO É TEMA DE SÉRIE INÉDITA NO TLC

SÉRIE INÉDITA DO TLC ACOMPANHA CASAIS QUE COMEÇARAM SUAS HISTÓRIAS DE AMOR DENTRO DA CADEIA