Show e documentário inéditos do multi instrumentista Neymar Dias estreiam no SescTV


 

Passagem de Som e Sesc Instrumental Brasil especiais com o músico serão exibidos no dia 10 de abril a partir das 21h; repertório inclui Johann Sebastian Bach, John Lennon e Paul MacCartney, clássicos caipiras regionais de Teddy Vieira e Tião Carreira, além de músicas autorais de Neymar Dias

 

Multi instrumentista Neymar Dias | Crédito André Mehmari

 

São Paulo, abril de 2022 - Programas inéditos das séries Passagem de Som e Instrumental Sesc Brasil com o violeiro e multi instrumentista Neymar Dias e Quarteto de Cordas chegam no SescTV no dia 10 de abril.

 

Neste dia, às 21h, Passagem de Som mostra os bastidores do show de Neymar Dias, apresenta depoimentos do maestro Gil Jardim da OCAM ECA USP e da cantora Mônica Salmaso sobre as particularidades do trabalho desenvolvido por Neymar. "Pesquisei as peças de Bach que poderiam respeitar a viola, como viola caipira, e a obra dele ficar intacta, sem mexer em nenhuma nota. E é difícil, porque cada nota tem um sentido", conta Dias ao longo do documentário. O programa também o acompanha pelo centro histórico de São Paulo, um local importante na sua formação musical e fonte de inspirações para seu desenvolvimento criativo.


 

Instrumental Sesc Brasil deste dia, às 21h30, exibe o show Neymar Dias e Quarteto de Cordas, formado por Daniel Pires da Silva na viola, Marcos Henrique Scheffel - Segundo violino, Sergei Eleazar de Carvalho - Primeiro violino e Vana Bock no Violoncelo.

 O repertório abrange temas tradicionais da música caipira regional, passando pela música erudita, além de músicas autorais que dialogam com o pop. Dentre as músicas apresentadas estão La Valse e Depois da Serra (composições de Neymar Dias), Suíte raiz - Tristeza de Jeca (Angelino de Oliveira), Suíte raiz Boiadeiro Errante (Teddy Vieira), Suíte Raiz Chora Viola (Tião Carreira e Lourival dos Santos), Gavotte en Rondeau - partida em Mi Maior BWV 1006 e Bradenburg Concerto No. 3 (ambas de Johann Sebastian Bach) e In my Life (John Lennon e Paul McCartney).

 

Com sua pluralidade de estilos musicais, Neymar Dias demonstra maestria em diversos instrumentos como viola caipira, guitarra, violão, baixo elétrico, guitarra havaiana e bandolim. "O repertório muito variado circula na minha cabeça desde sempre. Depois de tocar muita música erudita, trouxe a viola de volta, e foi muito bacana abranger várias esferas e outras influências, principalmente na orquestração. Acho muito legal inserir a viola em outros contextos e ver como ela pode dialogar com vários estilos musicais", comenta Neymar durante sua participação no programa Passagem de Som.

 

Considerado um dos multi-instrumentistas brasileiros de destaque, tanto na música erudita quanto na música popular brasileira (MPB). Neymar já integrou orquestras como a OSUSP e a Experimental de Repertório (OER), e desenvolveu projetos como contrabaixista, compositor e arranjador, tendo trabalhado em parceria com: Inezita Barroso Nelson Aires, Tinoco, Mônica Salmaso, Ivan Lins, Theo de Barros, Naná Vasconcellos, André Mehmari, Toninho Ferragutti, entre outros.

 

Serviço:
 

PASSAGEM DE SOM

Making of documental com músicos que participam do Instrumental Sesc Brasil, revelando seu processo criativo, a escolha de repertório, parcerias e formações de bandas.

Direção geral: Max Alvim.

Classificação: Livre.

Exibição no canal: Domingos, 21h.

Programa com Neymar Dias e quarteto de cordas: 10 de abril

Reapresentações: segundas, 16h30; terças, 9h30; quartas, 11h; quintas, 13h; sábados, 14h.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

NICKELODEON ESTREIA SPYDERS

Formula E

GloboNews promove Festival #ConverseComOutrasIdeias