DIA NACIONAL DO TEATRO: “O CORO, SUCESSO AQUI VOU EU” É UMA HOMENAGEM PARA UMA DAS MANIFESTAÇÕES ARTÍSTICAS MAIS ANTIGAS DA HUMANIDADE

Uma imagem contendo desenho    Descrição gerada automaticamente

 


 

A nova série do Disney+ estreia no mesmo mês em que é comemorado o Dia Nacional do Teatro (19 de setembro); entenda a data e confira curiosidades sobre os palcos

 

Grupo de pessoas posando para foto    Descrição gerada automaticamente

 

Nesta segunda-feira, 19 de setembro o Brasil celebra o Dia Nacional do Teatro. A data nasceu com o objetivo de homenagear os profissionais das artes cênicas, sendo o teatro uma das manifestações artísticas mais antigas e tradicionais da história. Além disso, de acordo com o Projeto de Lei nº 6.139/13, aprovado na Câmara dos Deputados, no mesmo dia 19 de setembro é celebrado também o Dia Nacional do Teatro Acessível.

 

E no mês em que essa forma de arte é celebrada, o Disney+ estreia "O Coro: Sucesso, Aqui Vou Eu" no dia 28 de setembro. A nova série nacional da plataforma é criada e dirigida por Miguel Falabella, e carrega em sua história o teatro, a música e a arte, além de retratar a busca pelo sucesso em cima dos palcos.

 

"O Coro: Sucesso, Aqui Vou Eu" conta a história de um grupo de jovens adultos, de diferentes origens, que veem no anúncio de um teste de elenco para uma famosa companhia de teatro musical brasileira a chance de alcançar seus sonhos adormecidos e fazer uma carreira no teatro. Aprovados numa primeira triagem, os aspirantes à cantores-atores vivem, nos bastidores do mundo do teatro, um misto de sentimentos como deslumbramento, a descoberta de novos amores, traições, assombramentos do passado e o medo da rejeição, já que não sabem se serão contratados no final das audições.

 

Aproveitando o Dia Nacional do Teatro e a estreia de "O Coro: Sucesso Aqui Vou Eu", o Disney+ preparou uma lista com curiosidades sobre essa belíssima manifestação artística. Confira:

 

O maior teatro do Brasil fica em Porto Alegre

Auditório Araújo Vianna -

(Créditos: Divulgação)

 

Patrimônio Histórico e Cultural de Porto Alegre desde 1997, o auditório Araújo Vianna - homenagem ao compositor gaúcho José de Araújo Vianna - foi fundado em 1927. Inicialmente, ele ocupava o terreno onde hoje funciona o prédio da Assembleia Legislativa de Porto Alegre, mas em 1960 foi transferido para o Parque Farroupilha.

 

Projetado pelos arquitetos Moacyr Moojen Marques e Carlos Maximiliano Fayet, o teatro conta com uma capacidade para 3 mil pessoas sentadas e até 4,8 mil com cadeiras e pista. de peças teatrais, o local já recebeu também grandes shows de música internacionais, como os das bandas Deep Purple, Village People e Yes.

 

O primeiro grande teatro brasileiro

 

Image

(Créditos: O Rio Antigo)

 

Apesar de já existir pequenos teatros espalhados pelo Brasil antes de sua inauguração, o Teatro João Caetano (na época chamado de Real Theatro de São João), localizado no Rio de Janeiro, é considerado o primeiro grande teatro do país.

 

Inaugurado em 1813, o local já passou por diversas reformas, reconstruções por conta de incêndios e mudanças de nomes, como Imperial Theatro São Pedro de Alcântara (em 1826 e em 1839) e Theatro Constitucional Fluminense, em 1831. Foi em 1923 que o teatro passou a ser chamado pelo atual nome.

 

Funcionando atualmente com capacidade para pouco mais de 1200 pessoas, o local já foi retratado em obras do artista francês Jean-Baptiste Debret e por lá passaram os maiores nomes do teatro brasileiro: Chiquinha Gonzaga, Procópio Ferreira, Jayme Costa, Bibi Ferreira, Dulcina de Moraes, Grande Othelo, Fernanda Montenegro, Dercy Gonçalves, Paulo Gracindo, Paulo Autran, Marília Pêra, entre muitos outros. O Teatro João Caetano também foi palco de espetáculos marcantes como 'My Fair Lady', 'Hello Dolly', 'Evita', 'Vargas', 'O Rei de Ramos', 'A Estrela Dalva', 'O Corsário do Rei', 'A Floresta Amazônica em Sonho de uma noite de Verão', 'Gilda', 'Bibi in Concert I e II', '7 – O Musical', entre tantos outros.

 

 

Pintura de Jean Baptiste Debret (cerca de 1834)

(Voyage pittoresque et historique au Brésil -Jean-Baptiste Debret– 1834)

 

A Semana de Arte Moderna no Theatro Municipal de São Paulo

Pessoas andando em frente a igreja    Descrição gerada automaticamente

(Foto: Divulgação)

 

Conhecido como um dos mais tradicionais do Brasil, o Theatro Municipal de São Paulo foi fundado em 1911 após ser projetado pelo arquiteto Ramos de Azevedo, que se inspirou na Ópera de Paris para criar o local. Além disso, foi nele que aconteceu um dos eventos artísticos mais importantes do país: A Semana de Arte Moderna de 1922.

 

Entre os dias 11 e 18 de fevereiro daquele ano, o local sediou o movimento modernista que pregava a ruptura dos valores artísticos presentes na época. Entre os nomes que ficaram marcados pelo modernismo brasileiro estão Mário de Andrade, Oswald de Andrade, Anita Malfatti, Heitor Villa-Lobos, entre outros.

 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

NICKELODEON ESTREIA SPYDERS

GloboNews promove Festival #ConverseComOutrasIdeias

Formula E