History estreia A Presidência dos Estados Unidos por Bill Clinton, série produzida e apresentada pelo ex-presidente

Produção original em seis episódios aborda diferentes temas da história presidencial dos Estados Unidos: raça, direitos, poder global, visão e poder econômico. De que forma as ações dos presidentes representaram os valores do povo?



ESTREIA: 25/9, domingo, 17h10


History exibe a partir de 25 de setembro A Presidência dos Estados Unidos por Bill Clinton (American Presidency with Bill Clinton), nova série apresentada e produzida pelo ex-presidente Bill Clinton, que explora, em seis episódios, a história da presidência estadunidense e a luta por uma nação mais perfeita

Em A Presidência dos Estados Unidos, um dos ex-presidentes mais lembrados e admirados dos Estados Unidos, Bill Clinton avalia como as ações presidenciais em uma ampla gama de momentos críticos do país ajudaram a promover ou retardar  a criação de uma nação imbatível. A produção apresenta entrevistas com especialistas e historiadores, além de depoimentos de autores renomados, incluindo os ganhadores do Prêmio Pulitzer Jon Meacham e Annette Gordon, bem como Dr. Douglas Brinkley, Dra. Edna Medford Green, Dr. H. W. Marcas e George Takei. Cada episódio aborda um tema diferente na história dos Estados Unidos: raça, extremismo, batalha por direitos, visão presidencial, poder mundial e poder econômico.

O ex-presidente Clinton é uma das poucas pessoas vivas que compreende a responsabilidade de ser o Decider-in-Chief (termo utilizado para os presidentes dos Estados Unidos, criado por George W. Bush) nos momentos críticos da história daquela nação. Todos os primeiros mandatários, desde George Washington, tiveram de definir as expressões "Nós, o Povo" (We The People) e "União Mais Perfeita" (More Perfect Union), tanto em situações de crescimento como de grande angústia. E todos eles precisaram  tomar decisões difíceis que poderiam unir ou dividir o país.

A série analisa de maneira integral uma variedade de ações presidenciais que fizeram os Estados Unidos avançarem, como a ordem de Eisenhower para que tropas federais entrassem em Little Rock e garantissem  a segurança dos "nove de Little Rock"; o discurso de Gettysburg do presidente Lincoln e a Proclamação da Emancipação; e a promulgação por parte de Lyndon B. Johnson da lei de direitos eleitorais de 1965 – a mais importante lei de direitos civis até então.

A Presidência dos Estados Unidos também aborda as decisões presidenciais que dividiram ainda mais o país, como as "campanhas de repatriação" de Herbert Hoover, que levaram à expulsão massiva de cidadãos mexicano-estadunidenses, durante a Grande Depressão; e a Ordem Executiva 9066, de Franklin Roosevelt, que resultou na prisão sistemática de cerca de 120 mil japoneses-estadunidenses, levados a campos de prisioneiros.

O episódio de estreia é União e desigualdade. O racismo tem sido um grande e persistente problema nos Estados Unidos desde a época de sua fundação. Porém, enquanto alguns dos seus presidentes levaram a nação a uma união mais harmônica, outros frustraram o seu progresso. Como as ações presidenciais podem ajudar a melhorar a igualdade racial?

Classificação Indicativa: 14 anos

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

NICKELODEON ESTREIA SPYDERS

GloboNews promove Festival #ConverseComOutrasIdeias

Formula E