Filme “A história de cada um” chama atenção para doença rara

Curta-metragem aborda desafios de pessoas com PAF-TTR

e demonstra como a arte pode ajudar na conscientização
 

Os atores Kely Nascimento e Almir Rosa em cena do curta-metragem "A história de cada um"

A arte também pode ser um instrumento para a conscientização. É com este propósito que o curta-metragem "A história de cada um" chega à telona do Petra Belas Artes, no próximo dia 24 de setembro (sábado). Em exibição gratuita no cinema, o filme retrata a história de uma família acometida por uma doença genética rara, progressiva e que afeta indivíduos adultos: a polineuropatia amiloidótica familiar relacionada à proteína transtirretina, conhecida pela sigla PAF-TTR. [1]

O curta-metragem, idealizado e estrelado por Kely Nascimento, atriz e fundadora do Instituto Renascimento (IR), reflete o cotidiano das pessoas que convivem com a doença, passam pelo impacto da desinformação, da dificuldade de diagnóstico e da falta de cuidados adequados para a doença. "Nas minhas pesquisas pré-produção, me chamou a atenção como recai sobre a mulher a responsabilidade de o filho ter a doença. O que não é verdade. O gene pode vir do pai. E a possibilidade é de 50%. Como se fala para uma mulher para não ter filho? Isso envolve sentimentos e crenças contra as estatísticas", conta Kely.

Após participar de diversos festivais e da pré-estréia em São Paulo, "A história de cada um", do diretor Pedro Henrique Moutinho, que contou com coprodução da 157 Elefante, será disponibilizado nas plataformas digitais do Instituto Renascimento. Confira o trailer.


Serviço -- A história de cada um
Dia: 24 de setembro, sábado
Horário: às 19h
Local: Petra Belas Artes. Rua da Consolação, 2.423, em São Paulo.
Entrada: gratuita (mediante confirmação via WhatsApp: 11 9 9220-2206)

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

NICKELODEON ESTREIA SPYDERS

GloboNews promove Festival #ConverseComOutrasIdeias

Formula E