Programa de estreia relembra o caso Eloá

TV GLOBO


A volta do 'Linha Direta' é amanhã, quinta, dia 4, logo após 'Cine Holliúdy'. Agora sob o comando de Pedro Bial, o programa de estreia relembra um dos casos mais marcantes dos últimos anos: o sequestro e morte da jovem Eloá Pimentel ocorrido em 2008. Na ocasião, o ex-namorado Lindemberg Alves invadiu o apartamento da adolescente, de 15 anos, em Santo André, no ABC Paulista, mantendo como reféns Eloá, a amiga Nayara e outros dois colegas, que também estavam no apartamento reunidos para fazer um trabalho de escola. Eloá permaneceu em cárcere privado por quase cinco dias e sob constantes ameaças do ex-namorado.
 
A temática do feminicídio e a atuação da cobertura da imprensa ao vivo a partir do momento da invasão do apartamento serão abordados no programa. No cenário do 'Linha Direta', Bial conversa com Simone Morais Duarte, vizinha e amiga da família de Eloá, e recebe também o promotor de justiça, Antonio Nobre Folgado, que faz a análise do desdobramento dos acontecimentos. Outros depoimentos relevantes serão apresentados ao longo da edição. Ainda no programa, um segundo caso, com desfecho em aberto e foragido da justiça, será exibido nesta edição.
 
'Linha Direta' tem apresentação de Pedro Bial, direção artística de Monica Almeida, direção geral de Gian Carlo Bellotti, e direção de gênero de Mariano Boni. A redação final é de Pedro Bial e Marcel Souto Maior e a produção de Anelise Franco. O programa será exibido às quintas-feiras, após 'Cine Holliúdy', na TV Globo.  O 'Linha Direta Podcast', versão em áudio do programa original, estará disponível no Globoplay e nas plataformas de áudio a partir do dia 5 de maio e com publicações semanais sempre nos dias seguintes à exibição do programa na TV.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

SexPrivé Club: Nova apresentadora

Cine Gloob apresenta mais de 40 filmes no mês de Maio

2024