Segunda edição da Virada ODS acontece nos dias 17 e 18 de junho em São Paulo

No ano passado, o evento contou com 25 mil visitantes, e para 2023 a expectativa é receber o dobro. Evento visa popularizar os objetivos do desenvolvimento sustentável, e acontecerá na Praça das Artes e no Vale do Anhangabaú, contando com especialistas internacionais de diversas áreas

Entre os dias 17 e 18 de junho acontecerá a segunda edição da Virada ODS, evento organizado pela Prefeitura de São Paulo, considerado o maior evento do mundo que tem como objetivo popularizar, promover e destacar a importância dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da ONU. A cidade promoverá atividades culturais, educativas, feira de negócios, hackathon e um congresso internacional.

Os principais objetivos do evento, são: ampliar a conscientização acerca dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável para popularizar e intensificar o engajamento social na disseminação e implementação da Agenda 2030, promover o diálogo, a articulação e integração dos diversos atores sociais e políticos envolvidos na implementação da Agenda 2030 e promover iniciativas para o reconhecimento das ações estratégicas em prol do desenvolvimento sustentável adotadas na cidade, para atrair novas oportunidades e parcerias para o benefício de todos.

"A hora de mudar é agora. É preciso ensinar crianças, jovens e adultos sobre sustentabilidade, fazer com que toda a população saiba o que são os 17 objetivos de desenvolvimento sustentável e o porquê da Agenda 2030 ser tão fundamental para o planeta. A Virada ODS é uma oportunidade para a população paulistana entender o papel de uma metrópole como São Paulo nas causas sustentáveis", comenta Marta Suplicy, secretária municipal de relações internacionais.

O projeto acontecerá em torno de seis áreas, dentre os 17 ODS, e contará com personalidades nacionais e internacionais, abrangendo diversas vertentes, como:

  • Cultura, onde contará com shows musicais e espaços artísticos, com bandas e artistas ligados a sustentabilidade, levando esta ideia a todos
  • Tecnologia com o hackathon, que propõe uma maratona de programadores para elaborar soluções inovadoras, tecnológicas e sustentáveis que contribuam para o cumprimento de metas da Agenda 2030 da ONU, além da criação de um aplicativo onde irá trazer a sociedade mais próxima da sustentabilidade
  • Economia e finanças, onde haverá apresentações de negócios de impacto social que atuem ou pretendem atuar na cidade de São Paulo, para investidores individuais, representantes de empresas ou representantes internacionais.

"Em 2023 completam-se sete anos da publicação da agenda 2030 da ONU (Organização das Nações Unidas). O objetivo da Prefeitura não é apenas fortalecer o trabalho que já está sendo feito, como também incrementar as ações da cidade em relação aos ODS. São Paulo é a capital mundial da vacina. E também da sustentabilidade ambiental, da qualidade de vida, da segurança alimentar, da questão da paz e da mobilidade. Por esse motivo a Virada está atrelada à todas as secretarias e ao Programa de Metas", afirmou o prefeito Ricardo Nunes.

A primeira edição do evento aconteceu entre 8 e 10 de julho de 2022, e contou com 25 mil pessoas presentes no evento, além de 320,000 mil pessoas on-line que acompanharam o Congresso Internacional Virada ODS. Na primeira edição o valor total em prêmios foi de R$20.000.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

SexPrivé Club: Nova apresentadora

Cine Gloob apresenta mais de 40 filmes no mês de Maio

2024