Menos 30 Fest: Com conteúdos virtuais e gratuitos, festival promove três dias de conversas, cursos e oficinas para quem deseja explorar novas habilidades na carreira

GLOBO MAE 2 - 2021

 


 

·       Em pesquisa realizada por Sintonia com a Sociedade e disponível na Plataforma Gente, da Globo, revela que 24% dos jovens entre 16 e 34 anos são empreendedores

  • O perfil que mais sobressai: classes AB, com ensino superior e filhos; entre os principais temas de interesse são finanças, tecnologia/inovação e educação
  • Sob o tema 'Recalculando a Rota', nomes como Aline Midlej, Larissa Manoela, André Rizek, Pequena Lô, Preta Gil, Evandro Fióti, entre outros, participam do evento entre os dias 9 e 11 de novembro

 

Em um cenário diverso e reflexivo, com debates que estimulam a jornada do empreendedorismo jovem, a 9° edição do Menos30 Fest, festival de educação empreendedora e inovação da Globo, acontece nos dias 9, 10 e 11 de novembro e oferece uma ampla oportunidade de cursos, palestras, oficinas e batalhas de pitches que exploram os novos comportamentos, cenários e trajetos que compõem os negócios do futuro. Patrocinado pelo Serviço Social da Indústria (SESI) e pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI), o festival ocorre em formato virtual para todo o Brasil, com transmissão ao vivo pelo YouTube do G1 e pelo portal G1 Empreendedorismo. O Menos 30 Fest 2021 tem como conceito 'Recalculando a Rota', um convite para um novo olhar no processo de construção de trajetórias mais diversas e acessíveis através de mecanismos inovadores. Com conteúdos gratuitos, o evento proporciona um ambiente de conexão entre a juventude que deseja descobrir talentos, estruturar ideias e explorar novas habilidades que alavanquem seus negócios.

 

A 9° edição do evento traz nomes conhecidos no cenário da música, da arte, do empreendedorismo e, também, do mundo digital, em conversas sobre as novas formas de empreender, inovação, tecnologia e consumo consciente. Já no primeiro dia, a mesa 'Grandes Encontros' debate o tema 'Ter sucesso & ser feliz: como transformar paixão em profissão', reunindo um time diverso formado pela influenciadora digital Ademara, a gamer Nicole 'Cherrygumms' Merhy, e o professor Eduardo Valladares, sob a mediação do jornalista e apresentador André Rizek. Ainda no dia 9, no palco 'Falas Afiadas', a jornalista e apresentadora Aline Midlej e a influenciadora digital Pequena Lô discutem um tema importante e necessário nos dias de hoje: 'A coragem de ser vulnerável'. Elas vão compartilhar suas histórias com o grande público e dividir suas experiências de como enfrentam as adversidades diárias, assumem novos riscos e encaram desafios.

 

No segundo dia, o assunto 'Para sobreviver no futuro, quanto mais humano melhor!', traz ao palco do 'Grandes Encontros' o músico e empresário Evandro Fióti, a cantora e compositora Raquel Virgínia, e a diretora de Criação da Globo Samantha Almeida, com mediação da apresentadora Titi Muller. A mesa 'Falas Afiadas' vai desvendar os altos e baixos por trás do sucesso em um descontraído bate-papo entre o publicitário e empreendedor Felipe Silva, e a empresária e influenciadora digital Bianca Andrade, mais conhecida como Boca Rosa.

 

E para encerrar o evento com chave de ouro, o tema 'Novos humanos? Como vivem, o que consomem, para onde vão?' será discutido no palco 'Grandes Encontros' pela atriz Ana Hikari, pelo empreendedor Murilo Duarte, pelo produtor cultural Raull Santiago, e pela empreendedora Priscila Gama, sob a batuta do jornalista e apresentador Manoel Soares. 'As donas do negócio' será o norte para a conversa entre a cantora Preta Gil, e a empreendedora social Ítala Herta, na mesa 'Falas Afiadas' do dia 11 de novembro. As duas vão contar suas jornadas no empreendedorismo feminino, as delícias e os dissabores de empreender, e a resiliência por trás dos negócios. 

 

Além das conversas, ideias inovadoras para indicar caminhos para transformar a educação empreendedora brasileira, também ganham espaço na agenda do festival por meio da famosa 'Batalha de Pitch'. Durante os três dias de evento, uma saudável competição entre jovens empreendedores vai acontecer com o objetivo de buscar mentoria para acelerarem seus negócios. Com curadoria da aceleradora de impacto Quintessa, o festival oferece R$ 75 mil reais divididos para as três melhores empresas que promoverem inclusão e mudanças na sociedade por meio de suas ideias. No primeiro dia, as empresas Carambola, Prol Educa e Signa disputarão o tão esperado prêmio de R$ 25 mil sob o tema 'Revolução por meio da educação'. Para o segundo dia, Afroimpacto, Gastronomia Periférica e Trampay, assumem as apresentações que falam sobre 'Empregabilidade, diversidade e inclusão'. E no dia 11, Água Camelo, Revolusolar e Nina pleiteiam o valor falando sobre 'O futuro das Cidades'. 

 

A atriz Larissa Manoela vai agitar as redes sociais, durante os três dias de evento, trazendo para o mundo digital tudo que vai rolar nos encontros. E para dar uma espiada em como os empreendedores estão inovando em outros lugares do mundo, a jornalista e empresária Monique Evelle vai trazer pílulas de conteúdos no 'Fest pelo Mundo', espaço onde serão apresentadas vivências e exemplos de empreendedores que conseguiram transformar suas paixões em fonte de renda, em cidades da Colômbia e dos Estados Unidos.  A programação do festival também inclui 12 oficinas, ao vivo, ministradas na parte da manhã por instituições como a ACE Cortex, Rock Content, Gama Academy, co.liga (escola de economia criativa da Fundação Roberto Marinho), entre outras. Também serão ofertados mais de 70 cursos sobre os mais variados temas como Marketing Digital, Educação Financeira, Criação de conteúdo digital, Planejamento Estratégico, e muito mais.

 

O Menos 30 Fest é apresentado por Caio Braz e terá transmissão ao vivo pelo YouTube do G1 e pelo portal G1 Empreendedorismo. Toda a programação, a lista de cursos e oficinas, bem como as inscrições para participar, podem ser acompanhadas também através do link https://g1.globo.com/empreendedorismo/

 

Pesquisa

 

Muitas são as definições de empreendedorismo para o público jovem. Destacam-se administrar ou abrir um negócio próprio, retorno financeiro e saber administrar tempo e dinheiro. Os dados são da pesquisa 'O perfil atual do jovem brasileiro e sua relação com o empreendedorismo', produzido por Sintonia com a Sociedade e divulgado na Plataforma Gente. A pesquisa mostra ainda que 24% dos jovens entre 16 e 34 anos são empreendedores e 60% têm interesse em começar a ser seu próprio chefe.

 

O principal motivo para abrir seu negócio é econômico - 40% querem ter independência financeira ou buscar uma forma de complementar a renda (destes, 46% são das classes AB) e 33% buscam uma fonte de renda alternativa (39% são mulheres). Entre os temas que mais geram interesse estão finanças (41%), tecnologia e inovação (39%) e educação (38%). E os homens se destacam nesses três temas. Já o mercado de alimentos ficou no imaginário de 29% dos entrevistados.

 

O material na íntegra pode ser acessado aqui https://gente.globo.com/estudo-o-perfil-atual-do-jovem-brasileiro-e-sua-relacao-com-o-empreendedorismo/?staging=1

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Fenômeno nas redes sociais, Maru Karv estreia como apresentadora no “Manda Nudes”

Lifetime Movies: A História de Chris Porco resgata caso de filho que matou o pai e desfigurou a mãe

SexPrivé apresenta ‘ménage à trois ao vivo’ em feira virtual de negócios do mercado adulto