‘Swan Boy’, série animada pelo Combo Studio, está disponível em dois canais nos Estados Unidos


Estúdio brasileiro animou os 10 episódios da produção, disponível no FXX e pelo streaming Hulu

Série faz parte do programa "Cake", que está em sua 5ª temporada (Foto: Reprodução)


Outubro, 2021 - A série animada "Swan Boy", baseada nos quadrinhos homônimos de sucesso de Branson Reese, estreou oficialmente em setembro nos Estados Unidos. Como parte do programa "Cake", do canal FXX, e presente também na Hulu, a produção tem uma "mãozinha brasileira", uma vez que teve participação do Combo Studio, do Rio de Janeiro, em seu processo de animação.

A série conta a história de um ser meio menino, meio cisne, que, junto de seus amigos, também metade animais, passam por situações que variam do mundano à fantasia. Segundo os criadores, o personagem principal é "uma alma perdida em seus 20 anos" e representa o que muitos de nós passamos nessa idade, quando deixamos de ser crianças, mas ainda não somos totalmente adultos.


O Combo Studio teve grande participação na produção, trabalhando com todo o escopo de animação dos 10 episódios, de 5 minutos cada. O trabalho foi realizado em parceria com a Augenblick Studios, responsável pela produção, que fez o convite após conferir os trabalhos do Combo no mercado internacional, como o filme "America: The Motion Picture", da Netflix.

Ao todo, 12 animadores trabalharam em "Swan Boy" pelo Combo Studio, levando três meses para a finalização, um tempo considerado curto no meio. O estilo é bem conhecido da empresa: 2D cut-out, com cenas de animação tradicional.

Para Marcelo Pereira, sócio do Combo Studio, a participação em produções internacionais fomenta o mercado de animação no Brasil. "Estamos cada vez mais próximos do mercado internacional, constantemente participando de grandes obras e evoluindo muito tecnicamente como prestadores de serviços. Essa relação é benéfica para todos, tanto para o parceiro, que encontra uma forma eficiente e menos custosa de expandir suas produções, como para nós, que fomentamos cada vez mais o mercado de animação brasileiro".

Após participar de produções como "America", "Hit Monkey", da Marvel, e a série original "Super Drags", da Netflix, criação do próprio Combo, Pereira acredita que o estúdio está conseguindo galgar espaços importantes fora do país. "O atual cenário está, de certa forma, favorecendo projetos internacionais para serem produzidos no Brasil. Temos focado muito em programas de treinamento para geração de novos artistas a fim de absorver as demandas das produtoras de fora", conclui.

Ainda não há previsão de chegada de "Swan Boy" ao Brasil.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Fenômeno nas redes sociais, Maru Karv estreia como apresentadora no “Manda Nudes”

Lifetime Movies: A História de Chris Porco resgata caso de filho que matou o pai e desfigurou a mãe

SexPrivé apresenta ‘ménage à trois ao vivo’ em feira virtual de negócios do mercado adulto