Women’s Music Event anuncia espaços e programação de shows da edição de 2023


WME, o maior encontro de mulheres da indústria da música do país, anuncia shows gratuitos com Mulamba, Drik Barbosa, Mc Soffia, Assucena, entre outros importantes nomes femininos do setor. Saiba datas e lugares.


São Paulo, maio de 2023 - O Women's Music Event, maior encontro de mulheres da indústria da música do país, acaba de anunciar seu calendário de shows que serão realizados em sua sétima edição entre os dias 15 e 18 de junho deste ano. Ao longo de quatro dias, o público poderá aproveitar diversas atrações gratuitas em quatro pontos da cidade de São Paulo, na Biblioteca Mário de Andrade, Praça Dom José Gaspar, House Of Coisas e Casa Natura Musical, em que os ingressos deverão ser retirados no espaço em uma mecânica que será divulgada em breve nas redes sociais do evento.


Confira os nomes confirmados:

 

Melly

 

Foto: Divulgação


Melly fará performance durante o Women's Music Event 2023. Com apenas 21 anos, a artista já acumula mais de 300 composições em português e inglês e em 2020 lançou o EP "Azul", em que mescla gêneros R&B, blues e neo soul com a música baiana. Seu show, apresentado pela Deezer será no dia 15 de junho, na House of Coisas, às 20 horas.


Assucena
 

Foto: Divulgação


Assucena é uma cantora baiana de Vitória da Conquista que estreou em carreira solo com espetáculo em homenagem a Gal Costa. Iniciou sua carreira artística em 2011 na banda universitária "Preto por Preto", que depois se tornou "As Bahias e a Cozinha Mineira" e depois, "As Baías". Em 2022 lançou seu primeiro single solo e autoral "Parti do alto" e em seguida "Menino pele cor de jambo". A artista se apresenta no dia 16 de junho, na Praça Dom José Gaspar, a partir das 19h.

 

 

MC Soffia
 

Foto: Leonardo Garcia


Soffia Gomes da Rocha Gregório Correia, mais conhecida como MC Soffia, é uma rapper, cantora e compositora brasileira. Aos 19 anos, é conhecida pela força das letras de suas canções, que falam sobre racismo, machismo, preconceito e empoderamento feminino. Sua apresentação será realizada no dia 17 de junho, na praça Dom José Gaspar, a partir das 19h.

 

Drik Barbosa

 

Foto: Lana Pinho | Divulgação


Nascida na Zona Sul de São Paulo, Drik Barbosa compõe desde os 14 anos de idade. Um ano depois, mostrou ao público suas primeiras rimas, participando de apresentação da "Batalha do Santa Cruz", através da qual conheceu o rap. O WME prevê sua presença no encerramento da edição no dia 18 de junho na Casa Natura Musical, a partir das 17h. A retirada em ingresso será no local e mais informações serão reveladas em breve.

 

Mulamba
 

Foto: Luciano Meirelles


Mulamba é uma banda fundada em 2015 composta por seis mulheres que abordam em suas pautas o universo feminino na sociedade como empoderamento, violência contra a mulher, feminismo e igualdade de gênero. Além das artistas presentes nos palcos, Mulamba emprega profissionais femininas em seus bastidores, como roadies, fotógrafas, técnicas de som, etc. O show da banda também está marcado para o dia 18 de junho na Casa Natura Musical, a partir das 17h. Será também uma despedida do grupo, que anunciou uma pausa nas atividades.


Rachel Reis
 

Foto: Divulgação


Dona do hit "Maresia", lançada em julho de 2021, Rachel Reis é uma cantora baiana de 25 anos nascida em Feira de Santana (BA). A artista também marca presença no show do encerramento no dia 18 de junho na Casa Natura Musical, a partir das 17h.


Evento

 

O Women's Music Event 2023 será apresentado pela Heineken® e contará com Karol Conká como madrinha. A artista, que mantém um relacionamento consolidado de identificação com o WME desde seu início, terá um momento dedicado ao seu trabalho durante a programação e receberá várias homenagens. Os ingressos para conferir toda a programação estão disponíveis no Sympla.

 

Ingressos WME:

Passaporte Completo - R$ 120,00 inteira / R$ 60,00 meia-entrada (contempla todas as atividades presenciais do Women's Music Event e acesso à conferência digital com os conteúdos disponíveis por 30 dias)

Diária Presencial - R$ 70,00 / R$ 35,00 (inclui a programação diária na Biblioteca Mário de Andrade)

Passaporte Digital - R$ 50,00 (contempla o acesso digital da conferência e os conteúdos gravados disponíveis por 30 dias)

 

Sobre o WME:

O Women 's Music Event (WME) é uma plataforma de música, negócios e tecnologia criada para aumentar o protagonismo da mulher na indústria da música. Idealizada por Claudia Assef e Monique Dardenne em 2016, a plataforma estreou em março de 2017 com a WME, maior encontro de mulheres da indústria da música em São Paulo, atraindo mais de mil pessoas em painéis de debate, workshops, shows e festas. Desde então, já realizou seis edições da WME. Além do encontro, acontece anualmente a WME Awards by Music2!, premiação desmembrada em três frentes: categoria voto popular, categoria voto técnico e homenageadas pelo conjunto de sua obra.

 

O WME lançou em 2019 o seu aplicativo Cadastro de Profissionais. O app é uma versão interativa e mais robusta do Banco de Profissionais, área já existente no site Women's Music Event e que reúne cadastros de mulheres que atuam em diferentes áreas da cadeia da música, desde as atividades mais técnicas até as mais artísticas.

Em 2021, o WME lançou o Selo Igual, iniciativa criada com o intuito de equalizar line-ups e equipes de eventos musicais, convidando empresas, festivais, agências e marcas relacionadas à música para virarem essa chave. São aptos a receber o selo festivais, festas, clubes, casas de ações e outras empresas que tenham pelo menos metade de suas equipes compostas por mulheres, pessoas não-binárias e/ou trans, considerando a área artística e produção. Mais de 40 iniciativas já possuem o selo, entre elas Se Rasgum, Coquetel, Bananada, SIM, Balaclava, Sennheiser, UBC, Ingrooves, Nova Brasil FM, Agência Lema, Mynd, Heavy House, entre outras.
 

Em sua quinta edição, em 2021, o WME impactou mais de 5 milhões de pessoas, obteve mais de 177 mil interações nas redes sociais e gerou mais de mil postos de trabalho. No âmbito digital, os conteúdos relacionados à premiação atingiram mais de 37.862 acessos, contemplando além do Brasil, os países EUA, Portugal, Irlanda, França, México, Suécia, Canadá, Colômbia e Kuwait.

 

Em 2022, a sexta edição do WME materializou o conceito phygital e reuniu presencialmente mais de 2.100 pessoas e digitalmente quase 5 mil durante a transmissão ao vivo em uma audiência espalhada por 10 países que consumiram mais de 40 horas de conteúdos. Foram mais de 100 mulheres da indústria musical que realizaram painéis, masterclasses, oficinas e shows em prol ao protagonismo feminino no mundo da música, que resultou em mais de 27 milhões de pessoas impactadas, somando com as interações das redes sociais.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

SexPrivé Club: Nova apresentadora

Cine Gloob apresenta mais de 40 filmes no mês de Maio

2024