Semana de disputas de títulos para os brasileiros na Professional Fighters League e no UFC

Combate

Combate mostra nesta quarta-feira Bruno Cappelozza, Antônio 'Cara de Sapato' e Raush Manfio nas finais da PFL. No sábado, Glover Teixeira disputa o cinturão dos meio-pesados

Grandes nomes do MMA, como os brasileiros Vitor Belfort, Lyoto Machida e Maurício "Shogun" fazem parte da seleta lista de campeões da categoria meio-pesado (até 93kg) do UFC. E neste sábado, dia 30, quando a organização retorna a Abu Dhabi, nos Emirados Árabes, para mais um evento na Ilha da Luta, a lista pode ganhar mais um nome brasileiro: Glover Teixeira. Embalado por cinco vitórias consecutivas, o mineiro enfrenta o polonês Jan Blachowicz, na luta principal do 'UFC 267'. A partir das 11h10 (de Brasília), o Combate mostra o card completo do evento, que contará ainda com a participação de mais cinco brasileiros.
 
No card preliminar, um duelo brasileiro pela divisão dos palhas (até 52,2kg) entre a mineira Amanda Ribas e a baiana Virna Jandiroba. Pela categoria peso-pena (até 65,8kg), o paulista Ricardo "Carcacinha" mede forças com o russo Zubaira Tukhugov. Já o paranaense Elizeu "Capoeira" quer reencontrar o caminho das vitórias diante do francês Benoit Sait-Denis; e o paulista Allan "Puro Osso" estreia no UFC enfrentando o russo Tagir Ulanbekov pela categoria peso-mosca (até 56,7kg). No dia da luta, André Azevedo e Flávio Canto comandam o "Aquecimento Combate" e a transmissão do card preliminar. Na sequência, Rhoodes Lima narra e Luciano Andrade e Fabrício Werdum comentam o card principal. O SporTV3 e o perfil do Combate no Youtube também exibem as duas primeiras lutas do card.
 
Finais da PFL
 
Disputada em um formato diferente do UFC, a Professional Fighters League conta com uma fase classificatória, seguida dos playoffs que credenciam doze lutadores para a fase decisiva. Nesta temporada, Hollywood, nos Estados Unidos, recebe o último evento do ano, que define não só os campeões, mas também quem leva para casa o prêmio de um milhão de dólares em cada uma das seis categorias da organização. O Combate exibe ao vivo todas as emoções das finais da PFL, com a presença dos brasileiros Bruno Cappelozza, Antônio "Cara de Sapato" e Raush Manfio, nesta quarta-feira, dia 27, às 17h30. A narração será de André Azevedo e Rhoodes Lima e os comentários de Luciano Andrade e Flávio Canto. O SporTV3 também exibe as duas primeiras lutas do card.
  
BATE-BOLA – FABRÍCIO WERDUM
 
Esta é a segunda vez que o Glover Teixeira disputa o cinturão dos meio-pesados do UFC. Na primeira, foi derrotado por Jon Jones. Você acredita que agora o brasileiro chega mais bem preparado para encarar o campeão Jan Blachowicz?  
O Glover é um grande lutador. Já tive a oportunidade de treinar com ele. Além de uma excelente pessoa, é um cara que treina muito, dedica-se ao máximo e isso fica muito claro pelas lutas que já vimos dele. Contra o Jon Jones, acho que ele já estava bem preparado, mas a gente sabe o quanto ele é diferenciado e, certamente, o Glover aprendeu muito com aquela derrota. Acho que essa luta veio no momento certo para que ele se torne o novo campeão. 
 
Qual deve ser a estratégia que o brasileiro Glover Teixeira deve explorar para sair vitorioso neste sábado?
Acho que Glover deve explorar muito o jiu-jitsu. Ele tem facilidade em colocar os adversários para baixo e sabe se movimentar muito bem por cima. O ideal é que ele trabalhe o seu jogo de chão, minando o oponente e, claro, buscando uma oportunidade de finalizar. O Glover também está muito consciente na parte da luta em pé. Vejo ele bem focado, mas como o polonês bate bastante forte também, é melhor não arriscar. A melhor estratégia mesmo é apostar na luta no chão. 
 
O que esperar deste duelo feminino entre Amanda Ribas e Virna Jandiroba que buscam entrar para o TOP 10 da categoria?
Tenho certeza de que vai ser um grande combate. Após a derrota sua última luta, Amanda Ribas vem com sede de vitória. Acredito que ela vá buscar mais a luta de chão. A Virna Jandiroba já mostrou em diversas lutas que possui um chão bem apurado. Vejo uma luta bem interessante e equilibrada, definida apenas na decisão dos árbitros.
 
Os três brasileiros em ação nas finais da PFL entram como favoritos para as suas lutas?
Vejo todos entrando como favoritos. O Bruno Cappelozza vem invicto e muito confiante, bem treinado. Acredito em mais uma vitória por nocaute. O Antônio "Cara de Sapato" é um lutador que merece muito. Vejo ele terminando o combate com uma finalização, característica do seu estilo de luta. Já Manfio é um lutador que tem muita potência muscular, então acredito em uma vitória por nocaute. Serão três vitórias para coroar a temporada destes brasileiros na PFL.
 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Fenômeno nas redes sociais, Maru Karv estreia como apresentadora no “Manda Nudes”

Lifetime Movies: A História de Chris Porco resgata caso de filho que matou o pai e desfigurou a mãe

SexPrivé apresenta ‘ménage à trois ao vivo’ em feira virtual de negócios do mercado adulto