‘Cine Marrocos’, vencedor de Festivais dentro e fora do país, é destaque na GloboNews

GloboNews

O filme é produzido por Eliane Ferreira e Pablo Iraola da Muiraquitã Filmes, e tem ainda como coprodutores Olha Só, Globo Filmes, GloboNews e Canal Brasil

Grande vencedor de 2019 do É Tudo Verdade, maior festival de documentários da América Latina, o filme 'Cine Marrocos' será exibido neste domingo, a partir das 23h, na faixa especial da GloboNews. O filme de Ricardo Calil mostra a ocupação artística e social do Cine Marrocos, cinema histórico abandonado em São Paulo, por integrantes de grupos excluídos. O longa também foi premiado com o Golden Dove, na categoria Next Master no DOK Leipzig, festival de documentários mais antigo do mundo, na Alemanha, em 2018; Melhor Documentário no FICG – Festival Internacional de Cinema de Guadalajara, no México, em 2019; e selecionado para o Festival Internacional del Nuevo Cine Latinoamericano, em Havana, e o DocAviv – Festival Internacional de Documentários de Tel Aviv, em Israel, em 2019.
 
As filmagens da produção chegaram no cinema quando o hall e o prédio acima dele estavam ocupados por cerca de 2 mil moradores de 17 países, entre brasileiros sem-teto, imigrantes latino-americanos e refugiados africanos. A sala de cinema, porém, permanecia fechada. "Como não existe nada mais melancólico do que um cinema abandonado, nós decidimos reabrir a sala com a ajuda dos moradores da ocupação", diz o diretor Ricardo Calil. Em 1954, ano do quarto centenário da cidade de São Paulo, o Marrocos foi o quartel-general do I Festival Internacional de Cinema do Brasil e exibiu clássicos como "Noites de Circo" (Ingmar Bergman), "Crepúsculo dos Deuses" (Billy Wilder), "A Grande Ilusão" (Jean Renoir), "Júlio César" (Joseph Mankiewicz) e "Pão, Amor e Fantasia" (Luigi Comencini). Muitos moradores do 'Cine Marrocos' assistiram a um filme na tela grande pela primeira vez nas suas vidas, no cinema que lhes servia de casa.
 
Desde 2014, a GloboNews já produziu mais de 70 documentários com a Globo Filmes, com o Canal Brasil e, mais recentemente, com o Globoplay. Títulos que mereceram indicações em vários festivais nacionais e internacionais e a prêmios como o Emmy Internacional (com o documentário 'Torre de David' em 2015, com 'Síria em Fuga' em 2016, 'Aliados' em 2020 e 'Cercados' em 2021). A lista inclui ainda renomadas produções como: 'Cidades Fantasmas', 'Libelu – Abaixo a Ditadura' e 'Cine Marrocos' – também vencedoras do Festival É Tudo Verdade –, e 'Marinheiro das Montanhas', único filme brasileiro selecionado para o Festival de Cannes de 2021. 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

NICKELODEON ESTREIA SPYDERS

Formula E

GloboNews promove Festival #ConverseComOutrasIdeias