Curta-metragem documentário "Shirá: a música da alma" participa de festival In-Edit Brasil 2021


Documentário estreia na mostra "Curta um Som" do festival In-Edit Brasil a partir do dia 17 de junho

O curta-metragem "Shirá: a música da alma", dirigido por Ary Diesendruck, estreia na 13ª edição do festival In-Edit Brasil. O filme integra a mostra "Curta um Som", que acontece a partir do dia 17 de junho, de forma virtual e gratuita.

O documentário de 26 minutos acompanha homens judeus Chassidim, seguidores do Rabino Nachman de Breslaw, durante louvores no Rosh Hashaná, o ano novo judeu. Com a morte do Rabino em 1812, seus milhares de seguidores começaram a se reunir anualmente em Uman, na Ucrânia, para visitar seu túmulo, e como solicitado pelo mesmo, enviam preces pedindo que ele interceda por eles em seus julgamentos junto a Deus.

De forma contagiante, o curta apresenta a importância da música para a religião judaica, com muitas danças e canções durante as orações. Um dos legados deixado pelo Rabino Nachman foi a ideia de que o judaísmo só poderia ser completo e pleno se fosse celebrado com muita alegria, e assim, eles comemoram durante dias com muita animação e música para acordar a alma, como eles mesmos destacam.

"Faço parte da comunidade judaica e o filme é como olhar pra trás, ter a representação histórica da festa e alegria das celebrações judaicas - que por muito tempo tentaram destruir. Por outro lado, tem também o fato de mostrar aquele ambiente e tema que não são muito explorados, mas que vem pela música - que é universal e nos conecta", comenta Ary.

O festival In-Edit Brasil é o encontro do cinema com a música, um evento cinematográfico que tem como objetivo fomentar a produção e difusão de filmes documentários que tenham a música como elemento integrador. Acontece no Brasil desde 2009 e essa 13ª edição conta com mais de 50 títulos nacionais e internacionais inéditos no circuito comercial. Devido à pandemia, pelo segundo ano consecutivo, o festival acontece de forma on-line do dia 16 a 27 de junho.

Sinopse

Desde o falecimento do Rabino Nachman, em Uman, na Ucrânia (1812), os chassidim (seus seguidores) visitam seu túmulo durante Rosh Hashaná, o ano novo judaico. Como parte do legado do Rabino, permanece a ideia de que as celebrações dessa data - bem como todo o judaísmo - deveriam ser vividas com alegria.
Nesse sentido, a música (shirá) ganha papel central nas comemorações de Rosh Hashaná, é o que mostra o documentário "Shirá: a música da alma". Construído a partir de uma postura quase ensaística, o curta observa a musicalidade que permeia o ano novo em Uman do ponto de vista insider, e revela, como apontado por um dos entrevistados, a música enquanto intermédio entre o material e o espiritual.

Ficha Técnica

Título: "Shirá: a música da alma" Ano: 2021
Duração: 26:50"
Gênero: Documentário
País de origem: Brasil
Dirigido por: Ary Diesendruck
Fotografia: Ary Diesendruck
Roteiro: Ary Diesendruck
Montagem: Renato Hojda
Mixagem: Tide Nascimento
Color grading: Renato Hojda

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Fenômeno nas redes sociais, Maru Karv estreia como apresentadora no “Manda Nudes”

Lifetime Movies: A História de Chris Porco resgata caso de filho que matou o pai e desfigurou a mãe

SexPrivé apresenta ‘ménage à trois ao vivo’ em feira virtual de negócios do mercado adulto