Curta-metragem documentário "Shirá: a música da alma" participa de festival In-Edit Brasil 2021


Documentário estreia na mostra "Curta um Som" do festival In-Edit Brasil a partir do dia 17 de junho

O curta-metragem "Shirá: a música da alma", dirigido por Ary Diesendruck, estreia na 13ª edição do festival In-Edit Brasil. O filme integra a mostra "Curta um Som", que acontece a partir do dia 17 de junho, de forma virtual e gratuita.

O documentário de 26 minutos acompanha homens judeus Chassidim, seguidores do Rabino Nachman de Breslaw, durante louvores no Rosh Hashaná, o ano novo judeu. Com a morte do Rabino em 1812, seus milhares de seguidores começaram a se reunir anualmente em Uman, na Ucrânia, para visitar seu túmulo, e como solicitado pelo mesmo, enviam preces pedindo que ele interceda por eles em seus julgamentos junto a Deus.

De forma contagiante, o curta apresenta a importância da música para a religião judaica, com muitas danças e canções durante as orações. Um dos legados deixado pelo Rabino Nachman foi a ideia de que o judaísmo só poderia ser completo e pleno se fosse celebrado com muita alegria, e assim, eles comemoram durante dias com muita animação e música para acordar a alma, como eles mesmos destacam.

"Faço parte da comunidade judaica e o filme é como olhar pra trás, ter a representação histórica da festa e alegria das celebrações judaicas - que por muito tempo tentaram destruir. Por outro lado, tem também o fato de mostrar aquele ambiente e tema que não são muito explorados, mas que vem pela música - que é universal e nos conecta", comenta Ary.

O festival In-Edit Brasil é o encontro do cinema com a música, um evento cinematográfico que tem como objetivo fomentar a produção e difusão de filmes documentários que tenham a música como elemento integrador. Acontece no Brasil desde 2009 e essa 13ª edição conta com mais de 50 títulos nacionais e internacionais inéditos no circuito comercial. Devido à pandemia, pelo segundo ano consecutivo, o festival acontece de forma on-line do dia 16 a 27 de junho.

Sinopse

Desde o falecimento do Rabino Nachman, em Uman, na Ucrânia (1812), os chassidim (seus seguidores) visitam seu túmulo durante Rosh Hashaná, o ano novo judaico. Como parte do legado do Rabino, permanece a ideia de que as celebrações dessa data - bem como todo o judaísmo - deveriam ser vividas com alegria.
Nesse sentido, a música (shirá) ganha papel central nas comemorações de Rosh Hashaná, é o que mostra o documentário "Shirá: a música da alma". Construído a partir de uma postura quase ensaística, o curta observa a musicalidade que permeia o ano novo em Uman do ponto de vista insider, e revela, como apontado por um dos entrevistados, a música enquanto intermédio entre o material e o espiritual.

Ficha Técnica

Título: "Shirá: a música da alma" Ano: 2021
Duração: 26:50"
Gênero: Documentário
País de origem: Brasil
Dirigido por: Ary Diesendruck
Fotografia: Ary Diesendruck
Roteiro: Ary Diesendruck
Montagem: Renato Hojda
Mixagem: Tide Nascimento
Color grading: Renato Hojda

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Fenômeno nas redes sociais, Maru Karv estreia como apresentadora no “Manda Nudes”

SÉRIE INÉDITA DO TLC ACOMPANHA CASAIS QUE COMEÇARAM SUAS HISTÓRIAS DE AMOR DENTRO DA CADEIA

RELACIONAMENTO EXPLOSIVO DE CHANTEL E PEDRO É TEMA DE SÉRIE INÉDITA NO TLC