“KIZAZI MOTO: GENERATION FIRE”, ANTOLOGIA ANIMADA DOS PRINCIPAIS CRIADORES AFRICANOS, GANHA DATA PARA LANÇAMENTO NO DISNEY+ EM 2022

A série Sci-Fi de dez partes leva o público a uma emocionante viagem rumo a Africa do Futuro. Peter Ramsey será o produtor executivo

Uma imagem contendo foto, diferente, itens, grupo    Descrição gerada automaticamente

São Paulo, 17 de junho de 2021 - Criadores do Zimbábue, Uganda, África do Sul, Nigéria, Quênia e Egito trarão suas visões únicas para todo o mundo com "Kizazi Moto: Generation Fire", uma coleção de 10 filmes originais Disney+, que terá estreia exclusiva no final de 2022.

 

Esta antologia animada reúne uma nova onda de estrelas da animação para levá-lo em uma viagem divertida rumo ao futuro da África. Inspiradas pelas diversas histórias e culturas do continente, essas narrativas de ficção científica e fantasia repletas de ação, apresentam visões ousadas de tecnologia avançada, alienígenas, espíritos e monstros imaginados a partir de perspectivas exclusivamente africanas.

 

O diretor vencedor do Oscar® Peter Ramsey ("Homem-Aranha: No Aranhaverso") atuará como produtor executivo da antologia, com Tendayi Nyeke e Anthony Silverston como produtores supervisores. Triggerfish será o estúdio líder para a antologia, trabalhando em colaboração com estúdios de animação em todo o continente e globalmente.

 

"Estamos trazendo o trabalho de uma nova geração visionária de cineastas africanos para a Disney +. Além de entregar uma animação emocionante para fãs de todas as idades, esta coleção de dez filmes originais explora o fenômeno do Afrofuturismo que foi turbinado pela Pantera Negra da Marvel e reflete o compromisso contínuo da Disney em fazer parceria com os maiores talentos globais para contar histórias do mundo de pontos de vista novos e autênticos, comentou Michael Paull, presidente Disney + e ESPN +.

 

"'Kizazi Moto' deriva da frase em suaíli 'kizazi cha moto' que se traduz literalmente como 'geração de fogo', capturando a paixão, inovação e entusiasmo que este novo grupo de cineastas africanos vão levar ao mundo. 'Moto' também significa fogo em várias outras línguas africanas, de Kinyarwanda de Ruanda a Shona, uma língua do Zimbábue, falando com o espírito panafricano que esperamos que esta antologia incorpore", comentou Tendayi Nyeke, Produtor Supervisor, Triggerfish.

 

"Estou muito satisfeito por fazer parte de um projeto inovador, novo e emocionante que visa expor o mundo a uma nova onda de criatividade e invenção de um lugar que está pronto para explodir no cenário mundial da animação. Os filmes da antologia meio que abrangem toda a gama quando se trata de ficção científica. Existem histórias que tocam em outros mundos, viagens no tempo e seres alienígenas, mas todas essas convenções de gênero são vistas através de uma lente africana que as torna totalmente novas. Mal posso esperar que as pessoas e digam 'Quero mais!", Comentou Peter Ramsey, Produtor Executivo.

 

Sobre o desenvolvimento e produção de "Kizazi Moto: Generation Fire"

Mais de 70 diretores e criadores de destaque em todo o continente foram convidados a apresentar suas ideias, após uma fase de pesquisa de vários anos que incluiu contribuições do blogueiro de quadrinhos de Gana, Kadi Tay, e do premiado supervisor de animação congolês Sidney Kimbo-Kintombo (Vingadores: Ultimato) e a produtora namibiana-sul-africana Bridget Pickering (Hotel Rwanda).

 

O processo foi curado e produzido pela equipe da Triggerfish, incluindo o produtor supervisor Tendayi Nyeke, o chefe de desenvolvimento Anthony Silverston e Kevin Kriedemann, que propôs a ideia inicial para a antologia. 15 projetos selecionados foram orientados pelo diretor vencedor do Oscar® Peter Ramsey e pelas equipes de criação da Triggerfish e da Disney.

 

Os 10 filmes finais são de Ahmed Teilab (Egito), Simangaliso 'Panda' Sibaya e Malcolm Wope (África do Sul), Terence Maluleke e Isaac Mogajane (África do Sul), Ng'endo Mukii (Quênia), Shofela Coker (Nigéria), Nthato Mokgata e Terence Neale (África do Sul), Pious Nyenyewa e Tafadzwa Hove (Zimbábue), Tshepo Moche (África do Sul), Raymond Malinga (Uganda) e Lesego Vorster (África do Sul). Cada filme terá aproximadamente dez minutos de duração e, juntos, formarão uma antologia de longa-metragem de animação original que será lançada como uma produção Original Disney+ em todo

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Fenômeno nas redes sociais, Maru Karv estreia como apresentadora no “Manda Nudes”

SÉRIE INÉDITA DO TLC ACOMPANHA CASAIS QUE COMEÇARAM SUAS HISTÓRIAS DE AMOR DENTRO DA CADEIA

RELACIONAMENTO EXPLOSIVO DE CHANTEL E PEDRO É TEMA DE SÉRIE INÉDITA NO TLC