ELIFAS ANDREATO FALA SOBRE MOMENTOS MARCANTES DE SUA CARREIRA NO PERSONA DA TV CULTURA

Foto Divulgação



ROLANDO BOLDRIN, ELIAS ANDRATO, TÁRIK DE SOUZA, JOÃO BOSCO, TOM ZÉ, ZECA PAGODINHO E OTHON BASTOS DEIXAM DEPOIMENTOS NO PROGRAMA DESTE DOMINGO (20/6)

Persona deste domingo (20/6) recebe Elifas Andreato. O mestre do lápis, das cores, das tintas e das aquarelas, artista gráfico de olhar atento ao mundo ao seu redor, conta na edição sobre sua vida e episódios marcantes da carreira. Comandado por Atilio Bari e Chris Maksud, o programa inédito vai ao ar a partir das 21h, na TV Cultura.


Nascido em Rolândia, no Paraná, conta que veio morar em São Paulo no início da adolescência. Ao relembrar sobre o momento em que começou a estudar arte, Elifas destaca que viveu uma aventura engrandecedora, onde enfrentou suas próprias dificuldades e limitações, além do preconceito contra a pobreza que permanece nos dias de hoje no Brasil. "Esse país que tem vergonha do pobre, que massacra o pobre, que considera que não é parte do povo brasileiro. E eu fiz parte desse povo pobre e a luta para sobreviver nesse mundo pobre, com essa elite brasileira. Foi um trabalho muito difícil."

O jornalista e ilustrador é também conhecido por ser o responsável de diversas capas de discos. Sobre o assunto e as parcerias diz: "As escolhas que eu fiz lá no começo me aproximaram das melhores pessoas das artes brasileiras. E eu me juntei a eles humildemente, fazendo aquilo que eu decidi fazer desde cedo. Eu nunca pretendi outra coisa a não ser servir outras grandes obras, esse é o meu trabalho. Talvez a minha grande obra seja essa, a de embalar e de trabalhar a serviço de outras grandes obras".

Nos anos 70, Elifas se envolveu abertamente na luta contra a ditatura no Brasil. O jornalista comenta que naquele momento a batalha era para reestabelecer a democracia e a liberdade de expressão. "Essa luta continua, eu continuo nessa mesma trincheira. E não mudei de lado, não mudei de opinião a respeito da barbárie que estamos vivendo hoje nesse país", acrescenta.

Persona ainda apresenta depoimentos de pessoas que fazem parte da vida de Elifas. Entre eles, Rolando Boldrin, Elias Andrato, Tárik de Souza, João Bosco, Tom Zé, Zeca Pagodinho, Othon Bastos. E no quadro Mestre da Persona, o público conhece a história de Cândido Portinari, artista plástico brasileiro que tem grande influência na carreira de Elifas.


Realização: Fundação Padre Anchieta, Secretaria Especial da Cultura, Ministério do Turismo e Governo Federal - Lei de Incentivo à Cultura

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Fenômeno nas redes sociais, Maru Karv estreia como apresentadora no “Manda Nudes”

SÉRIE INÉDITA DO TLC ACOMPANHA CASAIS QUE COMEÇARAM SUAS HISTÓRIAS DE AMOR DENTRO DA CADEIA

RELACIONAMENTO EXPLOSIVO DE CHANTEL E PEDRO É TEMA DE SÉRIE INÉDITA NO TLC