Canal Brasil exibe mostra em homenagem a Roberto Farias


Programação especial começa dia 14 de maio, data que marca os cinco anos da morte do diretor

Roberto Farias. Crédito: Divulgação.

Canal Brasil preparou uma mostra especial em homenagem ao diretor Roberto Farias, que será exibida a partir do dia 14 de maio, data que marca os cinco anos de sua morte. Serão exibidos sete filmes dirigidos por ele: "Pra Frente, Brasil" (1982), "Rico Ri à Toa" (1957), "Selva Trágica" (1963), "Assalto ao Trem Pagador" (1962), "Roberto Carlos em Ritmo de Aventura" (1968), "Roberto Carlos e o Diamante Cor-de-Rosa" (1970) e "Roberto Carlos a 300 Quilômetros por Hora" (1971); além de um  Cinejornal Especial sobre "Pra Frente Brasil", com os atores Antônio Fagundes, Elizabeth Savalla e Reginaldo Faria e o roteirista Paulo Mendonça. Os longas serão exibidos até o dia 20 de maio, sempre às 16h. 


Roberto Farias foi um importante cineasta brasileiro, que começou sua carreira como assistente de direção na obra "Maior que o Ódio", dirigida por José Carlos Burle. Fez a sua estreia como diretor em 1957 com o longa "Rico Ri à Toa", no qual também assinou o roteiro. Farias produziu grandes obras que lhe concederam reconhecimento internacional por meio de diversos prêmios, como "Cidade Ameaçada", "Pra Frente Brasil" e "Assalto ao Trem Pagador". Seu último trabalho foi o programa "Sob Nova Direção", exibido na TV Globo de 2004 até 2007.


No domingo, dia 14, será exibido o episódio especial do Cinejornal às 15h45 e, logo em seguida, o longa-metragem "Pra frente, Brasil", protagonizado por Reginaldo Faria, irmão do diretor. O drama narra a história de um homem de classe média que é confundido com um ativista político durante a ditadura militar. O filme é um clássico do cinema brasileiro e venceu prêmios como os troféus CICAE e OCIC no Festival de Berlim e as categorias melhor filme e melhor montagem no Festival de Gramado.


Primeiro filme dirigido por Farias, "Rico Ri à Toa", lançado em 1957, vai ao ar na segunda-feira, 15. Na comédia musical, um motorista de táxi recebe um grande valor referente a uma suposta herança deixada por parentes portugueses distantes através de um advogado. Na terça, 16, os espectadores podem conferir "Selva Trágica", baseado no romance homônimo de Hernâni Donato. O longa, outra parceria com o irmão Reginaldo Faria, mostra o cotidiano de trabalho de uma indústria em que os funcionários vivem em condições análogas à escravidão, sofrendo drásticas punições em caso de tentativas de fugas. 


O filme policial "Assalto ao Trem Pagador", que vai ao ar na quinta, 17, é baseado em fatos reais e retrata o roubo de 27 milhões de cruzeiros do trem pagador da Central do Brasil por um grupo de seis homens liderados por Tião Medonho, interpretado por Eliezer Gomes. Apesar do combinado inicial de gastar pouco dinheiro para evitar suspeitas, um dos integrantes, interpretado por Reginaldo Faria, passa a viver com luxo na zona sul carioca. A obra faturou diversos prêmios como melhor filme no Festival de Arte Negra do Senegalmelhor filme no Festival da Bahia, Prêmio Saci de melhor roteiro, conferido pelo jornal O Estado de S. Paulo, e Prêmio Valores Humanos no II Festival de Arte Cinematográfica de Lisboa. 


Para fechar a mostra, entre os dias 18 e 20 de maio, será exibida a trilogia de filmes musicais estrelados por Roberto Carlos e dirigidos por Roberto Farias. Em "Roberto Carlos em Ritmo de Aventura", o cantor é perseguido pelas ruas do Rio de Janeiro por bandidos internacionais que queriam levá-lo para os Estados Unidos. Já "Roberto Carlos e o Diamante Cor-de-Rosa" traz o protagonista acompanhado de Erasmo Carlos e Wanderléa em busca de um tesouro que acreditam estar escondido na capital fluminense. Por fim, em "Roberto Carlos a 300 Quilômetros por Hora", o cantor dá vida a Lalo, um mecânico que começa a treinar para uma corrida de carros em Interlagos com o automóvel de seu patrão. 



MOSTRA ROBERTO FARIAS - 5 ANOS DE FALECIMENTO


Cinejornal Especial - Pra Frente Brasil

Horário: domingo, 14/05, às 15h45


Pra Frente Brasil  (1982) (106')

Horário: domingo, 14/05, às 16h

Classificação: 16 anos

Direção: Roberto Farias

Sinopse: Um pacato cidadão de classe média é confundido com um ativista político, preso e torturado por agentes federais durante a euforia do milagre econômico brasileiro e da Copa do Mundo de 1970.


Rico Ri à Toa (1957) (98')

Horário: segunda, 15/05, às 16h

Classificação: Livre

Direção: Roberto Farias

Sinopse: Um motorista descobre que recebeu uma herança de um parente desconhecido de Portugal. Apesar de desconfiar, ele é convencido a aceitar o dinheiro e depositar no banco. Contudo, a trama não passou de uma trapaça elaborada por bandidos que roubaram um banco e tentaram despistar a polícia. 


Selva Trágica (1963) (102')

Horário: terça, 16/05, às 16h

Direção: Roberto Farias

Sinopse: Baseado no romance de Hernâni Donato, o filme retrata o cotidiano de funcionários que trabalham em uma indústria e são tratados como escravizados pelos patrões. Os que tentam fugir são punidos severamente. 


Assalto ao Trem Pagador (1962) (103')

Horário: quarta, 17/05, às 16h

Classificação: 14 anos

Direção: Roberto Farias

Sinopse: O bando de Tião Medonho rouba 27 milhões de cruzeiros do trem pagador da Central do Brasil, mas decide gastar apenas pouco para não despertar suspeitas. Porém, um dos bandidos contraria o combinado.


Roberto Carlos em Ritmo de Aventura (1968) (97')

Horário: quinta, 18/05, às 16h

Classificação: Livre

Direção: Roberto Farias

Sinopse: Roberto Carlos é um famoso cantor brasileiro que se vê perseguido por bandidos internacionais que querem levá-lo aos EUA. Para escapar da quadrilha, ele precisa enfrentar inúmeros desafios e aventuras.


Roberto Carlos e o Diamante Cor-de-Rosa (1970) (94')

Horário: sexta, 19/05, às 16h

Classificação: Livre

Direção: Roberto Farias

Sinopse: Roberto Carlos, Erasmo Carlos e Wanderléa encontram um mapa do tesouro após comprarem uma antiga estatueta no Japão. O trio parte para o Rio de Janeiro, onde acreditam que o tesouro está escondido. 


Roberto Carlos a 300 Quilômetros por Hora (1971) (99')

Horário: sábado, 20/05, às 16h

Classificação: Livre

Direção: Roberto Farias

Sinopse: Um mecânico de concessionária de automóveis forma uma equipe de automobilismo improvisada e vê sua chance de brilhar como piloto quando seu patrão, o corredor principal, se acidenta e passa a ter trauma de corridas.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

SexPrivé Club: Nova apresentadora

Cine Gloob apresenta mais de 40 filmes no mês de Maio

2024