Lifetime Movies apresenta longas com temáticas LGBTQIA+

Lifetime

#LIFETIMEPRIDE2021

 



ESPECIAL: 28 de junho, segunda-feira, a partir das 19h25


Lifetime se posiciona a favor da igualdade e da inclusão, e celebra o Dia Internacional do Orgulho LGBT, criado em 1969, com uma maratona de filmes, na próxima segunda-feira, 28.

Em toda a América Latina, o canal comemora esse evento internacional, que lembra a luta de mulheres e homens LGBTQIA+, pela igualdade de direitos. No Lifetime Movies, as histórias que chegarão às telas incluem mensagens e tramas que falam diretamente para a comunidade LGBTQIA+, como também para todo o público Lifetime, ansioso por alcançar uma sociedade igualitária.

A maratona começa às 19h25, com os filmes Minha Namorada é Uma Vampira, com Tori Spelling e James Franco, O Pecado de Ser Gay, baseado em uma história real, e A Arqueira. Confira a programação:

  • 19h25 - Minha Namorada é Uma Vampira

Na trama, a jovem Leah (Leila George, filha de Tori Spelling), ganha coragem para contar à sua mãe que é gay e tem uma nova namorada, Pearl (Emily Meade, The DeuceThe Leftovers). Porém, a garota não sabe que sua namorada é na verdade uma vampira – e que está sendo pressionada a transformar Leah em vampira também. Enquanto isso, o nerd esquisito Bob (Nick Eversman, LivreGet on Up: A História de James Brown), que gosta de Leah, descobre sobre o namoro e tenta separar o casal.

Minha Namorada é uma Vampira (Mother, May I Sleep With Danger?, 2016, EUA)
Gênero: terror, thriller

Direção: Melanie Aitkenhead
Elenco: Emily Meade, Leila George, Nick Eversman, James Franco, Tori Spelling

Classificação indicativa: 14 anos

  • 21h05 - O Pecado de Ser Gay

A comovente história real da adolescente mórmon Alex Cooper, baseada em seu livro de memórias. Alex (Addison Holley, Ana e os Robôs) se descobre gay, aos 15 anos, e revela aos seus pais, que a mandam para um rigoroso e abusivo campo de conversão. Presa por oito meses com estranhos, Alex enfrenta castigos horríveis, incluindo espancamentos, para "curar" sua homossexualidade. Após perceber que teria de se submeter às regras vigentes para sobreviver, a jovem acaba sendo autorizada a frequentar a escola, onde se torna amiga de Jason (Stephen Joffe, Alias Grace), que é presidente da aliança gay-hétero. O amigo a coloca em contato com um advogado, que ajuda Alex a orquestrar sua fuga.

O Pecado de Ser Gay (Trapped: The Alex Cooper Story, 2019, EUA)
Gênero: drama, biografia
Direção: Jeffrey G. Hunt
Elenco: Addison Holley, Nicolette Pearse, Ian Lake

CI: 14

  • 22h45 – A Arqueira

A adolescente Lauren Pierce (Bailey Noble, True Blood) é a grande campeã de arquearia de sua escola. Durante a comemoração do campeonato, ela bebe demais e termina batendo no violento e abusivo namorado de sua amiga, Daniel (Timothy Granaderos, 13 Reasons Why). Após ser sentenciada a um acampamento de reabilitação nas montanhas da Califórnia, ela faz amizade com Rebecca (Jeanine Mason, Grey's Anatomy). Juntas, as jovens decidem escapar desse lugar distorcido e isolado do mundo.

A Arqueira (The Archer, 2017, EUA)
Gênero: drama, thriller

Direção: Valerie Weiss
Elenco: Bailey Noble, Jeanine Mason, Bill Sage

CI: 14


Sobre a Marcha do Orgulho Gay
O Dia Internacional do Orgulho é comemorado com uma série de eventos que a comunidade LGBTQIA+ celebra anualmente em público para estabelecer a necessidade urgente de direitos iguais. Acontece no dia 28 de junho, dia em que aconteceram os distúrbios de Stonewall (Nova York, Estados Unidos) em 1969, quando houve uma série de invasões a bares frequentados por homossexuais, marcando, assim, o início do movimento de libertação.

A noção básica do orgulho LGBTQIA+ é que nenhuma pessoa deve ter vergonha de quem é, independentemente de seu sexo biológico, orientação sexual afetiva, orientação sexual ou papel de gênero.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Fenômeno nas redes sociais, Maru Karv estreia como apresentadora no “Manda Nudes”

Lifetime Movies: A História de Chris Porco resgata caso de filho que matou o pai e desfigurou a mãe

RELACIONAMENTO EXPLOSIVO DE CHANTEL E PEDRO É TEMA DE SÉRIE INÉDITA NO TLC