SÉRIE “BUSCANDO BUSKERS” ENCERRA GRAVAÇÕES EM PORTUGAL E SE PREPARA PARA ESTREIA EXCLUSIVA NO CANAL MUSIC BOX BRAZIL


 

Conteúdo, que visa conhecer artistas de rua, foi a Lisboa conhecer artistas brasileiros radicados no país ibérico
 

Na imagem, o busker brasileiro Júlio Luz, em Lisboa.

Esta e outras imagens de divulgação disponíveis aqui

 

Junho de 2022 -- A série "Buscando Buskers", que explora a vida de artistas independente que se apresentam nas ruas das cidades brasileiras, foi a Portugal em busca de talentos brasileiros radicados no país ibérico. Serão ouvidos e retratados quatro conterrâneos, que chamaram a atenção com suas histórias em terras europeias.

 

As temporadas anteriores da série continuam sendo exibidas no canal Music Box Brazil, mostrando de forma intimista a vida de artistas autores, retratando seus pensamentos, angústias e alegrias.


Bárbara Beats, Júlio Brechó, Giovanni Trecco e Júlio Luz são buskers que carregam na bagagem o ímpeto de viver de música e superação, mantendo a proposta da terceira temporada, dirigida por Catarina de Castro, que usa como critério não somente a diversidade artística, mas também lança um olhar cuidadoso ao lado humano dos artistas.


A direção geral continua com os criadores da série: Gab Felistoque e Edu Felistoque, com supervisão artística de Erik de Castro.


Nas palavras da diretora: " A arte de rua faz o mundo deixar de ser apenas um lugar de passagem. É um respiro para alma, é um legado necessário. Se depender de nós, vai continuar resistindo, existindo e ganhando espaço, na rua e no coração de quem vive. "

 

Nas palavras do cineasta Edu Felistoque: " Esses artistas são verdadeiras 'máquinas poéticas' e criam as trilhas sonoras das cidades. As ruas devem ser ocupadas por todos nós ... Gente de muito talento se apresentando e não pedem dinheiro em troca… esses artistas só estão tocando, o público é que doa. "

 

A gravação da terceira temporada de Buscando Buskers teve início em Novembro de 2021 em Porto Alegre, com os artistas Valéria Barcellos, Negra Jaque, Cartas na Rua, BlueGrass Portoalegrense, Grupo Naquele Tempo e Bate & Sopra, passando por Brasília, com os artistas Kelvin Bruno, Ju Maia, Letícia Fialho, Palhaço Aipim e Mandioca Frita, encerrando em Lisboa, em Junho/2022.

 

Confira abaixo os artistas entrevistados em Portugal:

 
Júlio Brechó

Cantor e compositor nascido no Rio de Janeiro, mistura funk, samba, forró e outros ritmos afro-brasileiros com muito suingue, balanço, irreverência e romantismo. Vive de arte de rua em Lisboa desde 2017, e além de músico é também produtor cultural. Em paralelo, ele conduz o projeto SamBa Colaborativo Palhaço Brasileiro.

Vídeo:
Link 

Instagram:
Link

 

Júlio Luz

Mineiro, o violoncelista é engajado com a luta dos direitos dos artistas de rua na europa. Leva a música clássica para as ruas de Portugal a fim de ultrapassar o elitismo da classe, além de prover seu sustento.

Vídeo:
Link

Instagram:
Link

 

Bárbara Beats

A jovem paulistana, foi da favela para a Europa, e já se apresentou em palcos junto de grandes nomes da música brasileira. Agora investe em suas músicas autorais e se apresenta nas ruas de Lisboa e Porto, em Portugal.

Instagram:
Link 

Vídeo autoral:
Link

 

Giovanni Trecco

Brasileiro residente em Portugal, é artista de rua e se apresenta em diversos espaços públicos da Europa, entre ruas e metrôs, levando interpretações e músicas autorais por onde passa.
Vídeo música autoral:
Link

Instagram:
Link

 

 

 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

NICKELODEON ESTREIA SPYDERS

Formula E

Pode preparar a pipoca!