Série documental Territórios da Resistência é destaque de junho do SescTV

 

A partir de 5 de junho, será exibida a série gravada no Museu do Ipiranga. A obra apresenta depoimentos de pensadores, líderes indígenas, pesquisadores e lideranças religiosas sobre o papel simbólico do território nas disputas de narrativas e os processos de resistência
 

 Ailton Krenak, Janja Araujo, Jerá Guarani, Nego Bispo e Preta Ferreira são alguns dos participantes da série
 

Cena de Territórios da Resistência | Crédito: Yghor Boy


São Paulo, maio de 2022 - A partir do dia 5 de junho, o SescTV exibe em seu canal e site a série Territórios da Resistência, dividida em quatro episódios construídos a partir do longa-metragem homônimo, fruto de uma parceria entre o Sesc Ipiranga, o Museu do Ipiranga e a Universidade de São Paulo (USP).

 

O material a ser apresentado confirma os movimentos de permanente violência e exploração dos territórios com objetivo de estabelecer um controle hegemônico que desconsidera os modos de existência, os direitos e saberes de seus habitantes. Também discute o papel ativo dos espaços físico e simbólico do museu na construção de narrativas, memórias e processos de resistência.

 

Os episódios Narrativas em Disputa, Florestanias, Sertanias e Ribeirias reúnem depoimentos de pensadores, pesquisadores e lideranças indígenas e religiosas e performances artísticas gravados durante a última Ocupação Museu do Ipiranga, realizada em 2019. A linguagem audiovisual da série manteve as estruturas poéticas presentes nas experimentações cênicasdesenvolvidas durante a ocupação, e propôs um diálogo desta atividade com outros materiais do acervo do museu, como fotografias, pinturas, mapas e vídeos.

 

Com roteiro, direção e edição assinados por Maria Thaís e Yghor Boy, a obra tem a participação de: Ailton Krenak (MG), Claudia Truká (PE), Fernanda Kaingang (RS), Janja Araujo e Cacique Babau (BA), Jerá Guarani (SP), Kota Mulanji (SP), Leda Maria Martins (MG), Marcia Mura (RO), Nego Bispo (PI), Preta Ferreira (SP), Sandra Benites (MS), entre outros.

 

Cena de Territórios da Resistência | Crédito: Yghor Boy

 

Série Territórios da Resistência

Exibição no SescTV: 5 de junho, domingo, às 11 h


Episódio 1 - Narrativas em Disputa - 5 de junho às 11 h

É apresentada a noção de território a partir do Museu do Ipiranga, lugar que dá origem ao projeto e que se enuncia como um espaço de disputa simbólica e territorial. Também são abordadas as questões que permeiam os próximos capítulos: como povos e comunidades entendem o território como abrigo, lugar de afeto, que assegura seus modos de existir; e a incessante exploração do território por quem o considera apenas como recurso material.

Reapresentações: 7 de junho, às 14h30 e 8 de junho, às 8h.

 

Episódio 2 - Florestanias - 5 de junho às 11h20

A florestania, como modo de vida dos diversos povos e seres que habitavam e habitam os territórios que hoje constituem o território nacional, remete ao longo processo de colonização, dos conflitos pela terra, do processo de extermínio e, ao mesmo tempo, de resistência - e re-existência - dos povos originários. O conteúdo deste episódio interage com o retrato Índio com arco e flecha, pintado por Adrien Henri Vital Van Emelen, que compõe o acervo do museu.

Reapresentações: 7 de junho, às 14h50 e 8 de junho, às 8h20.

 

Episódio 3 - Sertanias - 12 de junho às 11h

A partir do quadro Baiana, de autoria desconhecida, destacam-se as entradas no sertão -- o interior, o que está dentro, longe do mar -- onde o processo colonial e a escravatura fincaram ferramentas de exploração seculares, principalmente através da mineração. Territórios onde a resistência e os modos de existência e de reinvenção dos povos em diáspora surgem a partir das lideranças femininas, das irmandades negras, dos terreiros e/ou lugares que constituíam, e ainda constituem, um espaço social, político e religioso, autônomo.

Reapresentações: 14 de junho, às 14h30 e 15 de junho, às 8 h.

 

Episódio 4 - Ribeirias - 19 de junho às 11h

A pintura Herói da Guerra do Paraguai, de Van Emelen, é o ponto de partida de uma viagem pelos rios Paraguai, São Francisco, Amazonas e Tietê evocando as disputas territoriais para a demarcação de fronteiras e as águas marcadas pelo sangue que constantemente escorre, desde a Guerra do Paraguai (1865-1870) às recentes explorações pelas grandes hidrelétricas.

Reapresentações: 21 de junho, às 14h30 e 22 de junho, às 8 h.

 

Serviço:


Série Territórios da Resistência

Domingos, 11h

 

Episódio 1 - Narrativas em Disputa

Episódio 2 - Florestanias

Episódio 3 - Sertanias 

Episódio 4 - Ribeirias


Roteiro, direção e edição: Maria Thaís e Yghor Boy,

Realização: SescTV

Estreia no SescTV: 5 de junho, 11h

Classificação Indicativa: Livre.

Disponível sob demanda no site a partir de 5 de junho.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

NICKELODEON ESTREIA SPYDERS

Formula E

Pode preparar a pipoca!